Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / DESABAFO

Sophia Abrahão revela drama após saída de professor às vésperas de apresentação no 'Dança': "Protocolo da casa"

Atriz só ensaiou por um dia e meio com o dançarino e desabafou ao vivo; Tiago Leifert se surpreendeu

Redação Contigo! Publicado em 25/07/2021, às 19h07

Sophia Abrahão revela drama após saída de professor às vésperas de apresentação no'Dança': "Protocolo da casa" - Reprodução/Instagram
Sophia Abrahão revela drama após saída de professor às vésperas de apresentação no'Dança': "Protocolo da casa" - Reprodução/Instagram

A atriz Sophia Abrahão revelou que enfrentou um verdadeiro drama para se apresentar na nova fase do Super Dança dos Famosos neste domingo (25). 

É que seu professor anterior teve sintomas de Covid-19 e foi afastado. 

Mesmo recebendo um diagnóstico negativo para a doença, ele não pode ensaiar com a atriz.

"Apesar dele ter testador negativo, por protocolo da casa ele foi afastado essa semana. O Bruno chegou aqui com todo gás do mundo, a gente sabe as dificuldades que é ter pouco tempo com o parceiro, mas eu confiei demais, espero que a gente tenha apresentado uma boa coreografia", afirmou.

Os dois ensaiaram por apenas um dia e meio, o que deixou o apresentador surpreso. 

"Uma semana já é pouco, um dia e meio nem se comenta, pelo amor de Deus", disse Tiago Leifert que agradeceu publicamente por ele ter aceitado o desafio. "Você foi guerreiro, topou em um dia e meio vir aqui e se apresentar na televisão, obrigado, parabéns", acrescentou ele.

CRÍTICAS

A apresentação de Juliana Didone no Super Dança dos Famosos gerou um debate sobre tradição e modernidade neste domingo (25). Ela se apresentou no ritmo do paso doble e levou três notas 10 do júri artístico. Na hora do júri técnico, porém, ela sofreu duras críticas por ter reinterpretado o ritmo.

A primeira a despontuar a atriz foi a bailarina Claudia Motta

"Eu acho assim: a licença poética ela é sempre bem-vinda, principalmente quando são ritmos mais populares, mais livres. Não é o caso do paso doble. A gente precisa manter a cultura e a tradição de casa ritmo (...) eu achei muito bonito, mas preciso respeitar a cultura, então é 9,7", disparou ela.

Na mesma linha, Carlinhos de Jesus elogiou a mensagem, mas também ponderou a liberdade que os dois tomaram ao romper a tradição. "A gente está para julgar uma questão técnica. Eu acharia brilhante se invertesse os papeis e não aconteceu. Eram dois homens numa dança que existe o movimento sinuoso da mulher. Não completou a questão técnica e cultural do paso doble", afirmou ele repetindo a nota.