Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / Uma grande perda

Sonia Abrão emociona ao falar sobre perda de Gugu Liberato no 'Domingo Legal': ''Levou pedaço da minha história''

Amiga próxima de Gugu, Sonia abriu o coração no 'Domingo Legal'

Redação CONTIGO! Publicado em 24/11/2019, às 10h42 - Atualizado às 11h51

Sonia Abrão abre o jogo sobre morte de Gugu Liberato - Reprodução/Instagram
Sonia Abrão abre o jogo sobre morte de Gugu Liberato - Reprodução/Instagram

Sonia Abrão se abriu a respeito da importância de Gugu Liberato em sua carreira.

A apresentadora participou do Domingo Legal neste domingo (24) e ajudou a homenagear Gugu, revelando o peso que a perda tem em sua vida. Muito amigos, os dois foram padrinhos do filho de Simony, Ryan.

"Quando ele não conseguiu mais acumular as funções de colunista, ele me indicou e foi uma fase muito boa na minha vida", revelou. "A morte não é o fim de nada, nem do amor, nem da amizade. E eu sei que ele levou com ele um pedaço da minha história", se emocionou ao contar a Celso Portiolli.

Antes, durante o programa, foi revelado que os órgãos de Gugu já foram doados. Segundo uma reportagem, o procedimento teve início às 4h da manhã deste domingo (24) e os órgãos foram levados para diversos hospitais norte-americanos. A previsão é de que a doação favoreça cerca de 50 pacientes que esperavam na fila do transplante. Antes que o procedimento começasse, a família de Gugu participou de um ritual promovido pelos médicos do hospital.

ENTENDA O ACIDENTE

Gugu não resistiu após cair de uma altura de quatro metros e bater a cabeça. O apresentador consertava o ar condicionado da mansão que comprou para viver ao lado da esposa, Rose di Matteo, e dos três filhos.

A  mãe do apresentador, Maria do Céu Moraes Liberato, de 92 anos, embarcou às pressas para Orlando logo após a confirmação do acidente. Ela vai acompanhar de perto os trâmites.

No momento do acidente, Gugu estava apenas na companhia da esposa. Durante toda a quinta-feira, fãs de todo o Brasil fizeram orações pela plena recuperação do comunicador. No fim do dia, um comunicado da família pedia respeito aos protocolos - pela lei norte-americana, somente após  48h se tornou possível um pronunciamento oficial pelo caso.