Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / Seguindo à risca

Sindicato insiste e pretende barrar estreia de Jade Picon em novela: "Cumprir a lei"

Presidente do SATED-RJ pretende barrar estreia de Jade Picon e garante que seguirá as ordens do Sindicato; veja

Redação Contigo! Publicado em 12/05/2022, às 13h53

Sindicato insiste e pretende barrar estreia de Jade Picon em novela: "Cumprir a lei" - Reprodução/Instagram
Sindicato insiste e pretende barrar estreia de Jade Picon em novela: "Cumprir a lei" - Reprodução/Instagram

O presidente do SATED-RJ (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro), Hugo Gross voltou a falar sobre a escalação de Jade Picon na próxima novela das 21h da TV Globo, Travessia. A decisão de contratar a ex-BBB vem revoltando a internet e, principalmente, a organização de artistas do RJ. 

Ao Splay, Hugo Gross garantiu que seguirá à risca e tentará barrar a estreia da influenciadora na trama. Isso porque ela irá atuar sem ter registro de atriz na DRT, o que é considerado ilegal nos termos do Sindicato. 

Segundo o presidente, todas as emissoras de TV estão cientes que não se pode escalar alguém sem registro profissional: "É como querer contratar um advogado sem a carteira da OAB", disse ele.

Hugo Gross seguiu dizendo que a decisão do SATED-RJ não é difamar a imagem de Jade Picon, e sim proteger o trabalhador das artes e seguir a regra: "A lei é muito clara. Sem registro, não trabalha. Isso não é uma perseguição do Sindicato a nenhum influencer, a nenhuma pessoa, isso não é uma perseguição às empresas que tão dando trabalho, porque nós, da arte, precisamos de trabalho, nós precisamos realmente que fomentem o trabalho".

Mesmo que a contratação de famosos sem registro profissional já tenha ocorrido anteriormente, o presidente bateu o martelo ao dizer que não deixará essa prática continuar durante seu mandato no Sindicato: 

"Eu não posso dizer por outras gestões, a lei sempre existiu e ela deve ser cumprida. Eu não posso dizer o que os outros presidentes faziam. Eu posso dizer que a minha gestão vai cumprir a lei. A gente vai fazer de tudo, dentro da legalidade, para que uma empresa de radiofusão entenda que tem que contratar profissionais e não pessoas que têm seguidores".

SEGUNDA OPÇÃO?

Como assim? Parece que Jade Picon não era a primeira opção para interpretar um papel grande na próxima novela das 21h, Travessia. Para quem está por fora, a contratação da influenciadora no novo folhetim está dividindo opiniões na web. Porém, não era para isso estar acontecendo se os planos da Globo tivessem dado certo. 

Segundo informações do NaTelinhaa emissora estava de olho na vencedora do Big Brother Brasil 21, Juliette Freire para tomar a personagem requisitada. A alta cúpula da empresa carioca tentou negociar com a cantora, mas recebeu uma resposta negativa. 

Siga a Contigo! no Instagram.