Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / Amizade

Simony ajuda o filho após morte de Gugu: 'Só foi chorar ontem'

Cantora teve que consolar o filho após morte do padrinho famoso: 'Ficou segurando o choro'

Redação Contigo! Publicado em 24/11/2019, às 13h07 - Atualizado às 13h07

Simony ajuda o filho após morte de Gugu: 'Só foi chorar ontem' - Instagram
Simony ajuda o filho após morte de Gugu: 'Só foi chorar ontem' - Instagram

A cantora Simony emocionou ao contar a reação do filho Ryan, de 18 anos, ao saber da morte do padrinho, o apresentador Gugu Liberato.

Em conversa no Domingo Show, da Record, ela relatou que ficou ao lado do herdeiro neste momento difícil. “O meu filho só foi chorar ontem, ele ficou segurando. Eu falava para ele chorar porque o luto precisa ser vivido”, afirmou ela.

Simony ainda relembrou o acidente doméstico com o amigo na última quarta-feira (20). “Fui uma das primeiras pessoas que ficou sabendo do acidente. Eu não quis acreditar, eu não quero acreditar. Eu criei um bloqueio. Eu fiquei desesperada porque estou longe, não sabia se pegava um avião, se ficava aqui. Eu queria ajudar o meu filho, a minha mãe”, contou ela.

A cantora também contou mais sobre a amizade com Gugu. “Ele é muito importante na minha vida. Os nossos filhos se tornaram amigos. É muita dor, a dor é muito grande. A gente não consegue expressar. É um amigo, um conselhieor e um pai tão amoroso, tão generoso. Não escolhi o Gugu para ser padrinho do meu filho por ser o Gugu, mas pela integridade que ele tem e também por ele estar comigo em vários momentos em que muitas pessoas fecharam as portas paa mim. Ele esteve comigo”.

Em um post nas redes sociais, Ryan lamentou a morte precoce do apresentador"Dindo, queria muito ter passado mais tempo com você... Infelizmente aconteceu essa catástrofe sempre estarei com você. Peço que Deus de forças aos mais próximos e a todos do Brasil. Sei que Deus sabe de tudo. Um dia nos vamos nos reencontraremos e vamos trocar um papo bem longo sobre tudo", disse.

"Lembro ate hoje quando fui em sua casa e mesmo eu pequeno você me ensinou muita coisa, além de ser meu padrinho você era uma pessoa que eu me espelhava muito. Agora, temos que ter fé", escreveu ele.