Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / EITA!

Sérgio Reis diz que não pisa mais os pés na Globo: "Não acrescenta nada à minha vida"

Sérgio Reis diz que não pisa mais os pés na Globo e revela que nem foi convidado para 'Pantanal'

Redação Contigo! Publicado em 26/05/2022, às 11h52

Sérgio Reis diz que não pisa mais os pés na Globo: "Não acrescenta nada à minha vida" - Reprodução/TV Globo
Sérgio Reis diz que não pisa mais os pés na Globo: "Não acrescenta nada à minha vida" - Reprodução/TV Globo

O cantor Sérgio Reis voltou a fazer críticas pesadas contra a Globo e deixar claro que não participaria de Pantanal. Ele foi um dos destaques da primeira versão da trama.

Ele contou que não foi convidado para fazer uma participação no remake que está fazendo sucesso em todo o Brasil. 

“Não, não… E nem iria! Não quero me aliar a Globo, não vou ajudar a Globo em nada. Eu sei que eu dou bom Ibope”, disse ele em entrevista para o jornal Folha de S. Paulo.

O cantor ainda disse que também não recebeu convite para o especial no Altas Horas em homenagem à novela.  “Não, não… nem cogitaram. Eu sou Bolsonaro. Quem é Bolsonaro eles não põem. Entendeu? Aí eu não vou. Não vai acrescentar nada à minha vida. Adoro o Serginho Groismann, mas se ele me pedir, eu não vou. Não quero fazer nada com a Globo”, avisou o cantor.

Ele ainda fez críticas contra a emissora. “Esse pessoal é amigo. Mas a Globo não vai me pôr nunca. Nem sonhando. Não sei por quê. Eu vejo Nacional e comparo com o Jornal da Band, dá de dez a zero, é um jornal mais limpo. Ô Globo, acorda! Pelo amor de Deus! Vocês perderam! Sabe quando o cara te ataca e fala ‘perdeu, perdeu’? É assim, Globo, perdeu, perdeu! Bolsonaro quer que a Globo pague a dívida e é justo”, declarou.

CRISE

No ano passado, Sérgio Reiscancelou o lançamento de seu novo disco após vários artistas se negarem o lançamento. Eles já haviam gravado suas participações, mas pularam fora do projeto

"Ninguém mais que eu lamenta por isso. Eu vinha gravando e construindo esse projeto há quase cinco anos de gravações. Infelizmente foi assim. O disco não existe mais", revelou Marco Bavini, filho de Sérgio e produtor do álbum, ao G1.