Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / Desconfortável

Repórter da Globo dispensado após 30 anos de casa relata: "Em cinco minutos"

Ari Peixoto, que foi repórter da Globo, esperava tratamento diferente da emissora; entenda

Redação CONTIGO! Publicado em 17/12/2021, às 17h28

Repórter da Globo dispensado após 30 anos de casa desabafa - Reprodução/TV Globo
Repórter da Globo dispensado após 30 anos de casa desabafa - Reprodução/TV Globo

O repórter Ari Peixoto contou nesta sexta-feira (17) como foi a demissão da Globo após 30 anos de serviço.

Em entrevista para o programa Cidinha Livre, da Rádio Tupi, o jornalista revelou que não houve cerimônia no momento em que ele foi cortado da equipe da emissora carioca.

"Eu fui correspondente internacional para a América Latina, em Buenos Aires, fui correspondente do Oriente Médio, em Jerusalém, eu fiz história. Eu fiz a Primavera Árabe, no Egito, eu trabalhei feito um cão", contou, detalhando a trajetória dentro da Globo.

Ari esperava um tratamento diferente: "Então, você glamuriza esse momento de saída. Você acha que o cara vai ter a consideração, o respeito de dizer ali 'se prepara que você vai sair'". Mas não foi isso que aconteceu.

"Eu cheguei para trabalhar um belo dia, o diretor me chamou e em cinco minutos eu estava demitido. Ele chegou, me pediu pra sentar e disse 'olha, Ari, tenho uma notícia pra te dar. A Globo está te desligando'", relatou. Ele foi parte de uma onda de demissões da Globo que atingiu jornalistas com muito tempo de casa.

POLÊMICA

Marianne Brito, filha do jornalista Francisco José de Brito, alfinetou a Globo após a demissão do pai.

No fim de novembro, a filha do repórter usou as redes sociais para comentar a notícia da demissão do pai após 46 anos de trabalho.