tv   / Susto

Repórter da CNN Brasil sofre assalto ao vivo e vira alvo de ironia na web: "Blogueira"

Crime foi transmitido ao vivo e repórter foi atacada nas redes; entenda

Redação CONTIGO! Publicado sábado 27 junho, 2020

Crime foi transmitido ao vivo e repórter foi atacada nas redes; entenda
Repórter da CNN Brasil sofre assalto ao vivo e é ironizada na web - Reprodução/Instagram

Que susto! Uma repórter da CNN foi assaltada ao vivo neste sábado (27).

A repórter Bruna Macedo foi vítima de um assalto enquanto estava ao vivo no CNN Sábado. Em um link na Ponte das Bandeiras, em São Paulo, Bruna acabou abordada por um homem que pareceu empurrá-la, e a imagem cortou.

Após um intervalo, o apresentador do noticiário, Rafael Colombo, explicou o que tinha acontecido: "Depois dessa imagem, ela nos explicou que tinha sido roubada por esse indivíduo que a abordou com uma faca e levou os dois celulares dela embora", contou.

Felizmente, Bruna saiu fisicamente ilesa do episódio: "Ela está bem, está aqui na redação. Tomou um susto danado, mas não sofreu nenhum tipo de ferimento".

O caso atraiu a atenção de usuários das redes sociais - muitos partidários do presidente Jair Bolsonaro passaram a ironizar a situação, chamando Bruna de "blogueira da CNN" e dizendo que ela teria "socializado" o celular.

HOMENAGEM

E que despedida! Mari Palma apresentou na noite desta quinta-feira (25) seu último programa ao lado do namorado, Phelipe Siani.

A jornalista está de malas prontas para comandar um novo programa na grade da CNN ao lado de Gabriela Prioli e Leonardo Karnal. O programa foi batizado de CNN Tonight.

Repórter da CNN é ironizada na web após sofrer assalto

Último acesso: 02 Jul 2020 - 10:06:12 (1114911).