Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / MORREU AOS 63 ANOS

Quem foi a jornalista Cristiana Lôbo, conhecida pelos colegas pela competência e elegância

Cristiana Lôbo morreu aos 63 anos após uma carreira marcada pelo talento para descobrir informações

Redação Contigo! Publicado em 11/11/2021, às 11h06

Quem foi a jornalista Cristiana Lôbo, conhecida pelos colegas pela competência e elegância - Reprodução/Instagram
Quem foi a jornalista Cristiana Lôbo, conhecida pelos colegas pela competência e elegância - Reprodução/Instagram

A morte de Cristiana Lôbo aos 63 anos nesta quinta-feira (11) está causando uma verdadeira comoção entre a classe jornalística. Considerada um exemplo de competência e generosidade, ela teve uma carreira vitoriosa.

Na profissão desde 1982, a profissional passou pelo final do período de ditadura militar e se especializou na cobertura política durante a redemocratização. Com acesso pleno a políticos, ao Congresso e aos círculos de poder, conseguia apurar informações e produzir reportagens direto dos bastidores.  

+ Burnier noticia morte da amiga Cristiana Lôbo e comove telespectadores: "Lutou bravamente"

Após um início tímido em jornais locais de Goiás, em 1986 a jornalista ganhou seu primeiro grande desafio na carreira: ela se tornou assistente de Tereza Cruvinel, que na época comandava a coluna Panorama Político, destaque do jornal 'O Globo'.

Lá, viu sua carreira decolar. Trabalhou com Ricardo Boechat, migrou para O Estado de S. Paulo e passou a assinar uma coluna com seu nome. Ficou no jornal da capital de São Paulo até 1998 quando foi contratada pela GloboNews.

No canal, passou a ancorar o elogiado Fatos e Versões, um dos espaços de maior prestígio da emissora. Ao longo de sua trajetória, foi acumulando funções. Em 2020, quando se desligou para cuidar da saúde, ela também era comentarista do Jornal das Dez e do Hora Um, exibido pela TV Globo em rede nacional.

Em depoimento ao Memória Globo, a jornalista comentou como via a carreira que escolheu seguir.

“Quando você critica um político, ele liga para dizer que não é bem aquilo. E quando elogia, de certa forma, ele acha que você não está fazendo mais do que a obrigação. A sensação que tenho hoje é que lido com eles sem achar que o que dizem é uma verdade absoluta. Sempre ouço quem quer conversar comigo. Não se pode desprezar uma outra face da informação, senão você não vai captar o fato corretamente.”

TRISTEZA

Morreu nesta quinta-feira (11) a jornalista e comentarista de política Cristiana Lôbo. Aos 63 anos, ela não resistiu à complicações de um mieloma múltiplo, câncer que ataca a medula óssea. Ela estava internada no hospital israelita Albert Einstein, em São Paulo, após o diagnóstico de uma pneumonia.

Cristiana Lôbo foi afastada da Globo há quase um ano, em dezembro de 2020. Ela atuou no jornalismo por mais de 30 anos e ocupou funções de chefia no jornal O Globo.