Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / EITA!

Participante do 'Power Couple' solta nota após vídeo do passado gerar revolta: "Não tenho políticos de estimação"

Ela deixou esclarecimento pronto já imaginando que o vídeo polêmico geraria críticas; veja

Redação Contigo! Publicado em 14/05/2021, às 15h08

Participante do 'Power Couple' solta nota após vídeo do passado gerar revoltada: "Não tenho políticos de estimação" - Reprodução/TV Globo
Participante do 'Power Couple' solta nota após vídeo do passado gerar revoltada: "Não tenho políticos de estimação" - Reprodução/TV Globo

Fãs do Power Couple, reality exibido pela Record TV, estão revoltados nas redes sociais desde que vazou um vídeo em que a participante Deborah Albuquerque surge revoltada.

É que após o resultado da eleição de 2014 e a vitória de Dilma Rousseff, ela soltou impropérios.

"Quer saber? Me preparando para viajar para Orlando [nos EUA], onde mora meu pai, agente Fifa. Sou rica, bem-sucedida, muito bem de vida e tentei ajudar vocês miseráveis, imbecis, burros que votaram na po... da Dilma para ser reeleita. Vocês são muito burros e vão depender de 'bolsa-família' e 'bolsa-miséria' para o resto da vida, porque quanto maior número de dependentes de 'bolsa' existir, maior o número de pobres", declarou ela na época.

Após o vídeo se tornar público, a assessoria da esposa de Bruno Salomão soltou uma nota que ela deixou pronta antes de entrar no reality.

"Já estava preparada para qualquer tipo de vazamento de vídeos antigos de muitos anos atrás como esse e outras coisas mais. Hoje eu sou mãe, com um casamento de quase dez anos e minha cabeça mudou muito em relação a ofensas e palavras que possam ferir ao próximo. Sou apartidária, não tenho políticos de estimação, não louvo políticos, sou apaixonada pelo Brasil e pelos brasileiros, mas todos nós não aguentamos mais viver em um país injusto com seu povo", afirma ela no texto.

Ela também tenta explicar porque reagiu daquela forma na época.

"Fui impulsionada pela raiva, pela revolta e quando falamos sob forte emoção, na maioria das vezes, erramos. Quem me conhece sabe que nunca fui nem serei uma mera repetidora de ideias e sempre tive um posicionamento muito firme na minha vida. Eu tenho certeza que, na luta por um país digno, com igualdade e justiça, eu não estou sozinha!", encerra ela.