Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / DETALHES

Na primeira entrevista, Flordelis relata relação íntima antes da morte do marido: "No capô do carro"

Na primeira entrevista após ser acusada de envolvimento no crime, ela contou como foi o último dia com o marido

Redação Contigo! Publicado em 01/09/2020, às 12h37 - Atualizado às 12h38

Na primeira entrevista, Flordelis relata relação íntima antes da morte do marido - Reprodução/Instagram
Na primeira entrevista, Flordelis relata relação íntima antes da morte do marido - Reprodução/Instagram

Acusada de envolvimento na morte do próprio marido, a deputada federal Flordelis relatou como foi a última noite de Anderson.

Em uma entrevista para Marcelo Cabrini no SBT, ela contou que os dois viveram momentos felizes naquele dia.

“Fomos pra Copacabana, andamos no calçadão, andamos na praia, depois fomos pro carro. Ele (Anderson) pegou uma pista deserta, não sei dizer o local, não prestei atenção no caminho. Tinha muitos carros parados ali, mas não tinha bar nem nada em volta”, relatou ela.

A deputada ainda disse que eles chegaram a ter uma relação íntima.

“Nós paramos ali, namoramos, que era uma coisa normal nossa na estrada. Ele me beijou bastante. Eu sentei no capô do carro. Tivemos [relação sexual]. Falei: ‘Amor, amanhã a gente vai acordar cedo, né?’“, relembra.

Segundo ela, na volta para casa ela percebeu que os dois estavam sendo seguidos.

“Uma moto saiu de uma rua transversal, com dois rapazes – não sei se eram rapazes ou mulher, porque estavam de casacos e capuz. De imediato, olhei pra mão deles pra ver se tinha alguma arma, não tinha nenhuma, então continuei jogando meu joguinho de celular”, declarou ela.

Ela reiterou que não está evolvida na morte do pastor. “Eu tenho convicção do que eu vi, e do que eu falo. Eu não vou parar de falar isso, porque sei o que eu vi”, desabafou ela.