Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / TV

Médico que foi às pressas para Orlando conta que Gugu teve hemorragia e fratura na face

Médico revela que apresentador pode ter batido a cabeça no teto; saiba detalhes

Redação Contigo! Publicado em 25/11/2019, às 09h14 - Atualizado às 09h24

Médico de Gugu Liberato: detalhes inéditos no 'Fantástico' - Reprodução
Médico de Gugu Liberato: detalhes inéditos no 'Fantástico' - Reprodução

O médico que embarcou às pressas para Orlando para atestar o real estado de Gugu Liberato após o grave acidente sofrido pelo apresentador se pronunciou pela primeira vez.

Em entrevista ao Fantástico, Guilherme Lipsky explicou o caráter trágico do acidente. Segundo ele, o tipo de queda sofrido pelo apresentador raramente acaba em algo grave.

"A gente espera uma fratura de calcanhar, eventualmente uma fratura de bacia, mas nunca bater a cabeça diretamente", disse.

"Então, para ter acontecido o que aconteceu, na gravidade que aconteceu, eu acho que ele deve ter desfalecido num dos momentos iniciais da queda, possivelmente bateu a cabeça contra o teto e aí desfaleceu", diz o neurocirurgião.

Segundo o médico, o atendimento demorou poucos minutos, mas Gugu já chegou muito debilitado.

"Com a queda, Gugu teve uma fratura grave no osso temporal direito. Isso causou uma hemorragia traumática, e o sangramento se espalhou ao redor do cérebro", afirmou.

"É uma situação extremamente grave, então, a maioria dos protocolos de atendimento de trauma internacionais dizem: não investir. Porque se você investe e faz medidas, vamos dizer, ''heroicas'', você acaba acarretando um sofrimento muito grande para o paciente. A chance de morrer é alta e se não morre há uma chance muito grande de entrar em estado vegetativo persistente”, afirma.