Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / SAÚDE

Marina Ruy Barbosa revela segredo para diminuir seu nível de ansiedade: ''Formas naturais''

Em meio à natureza, atriz conta que tem buscado novas alternativas para se manter mais calma

Redação Contigo! Publicado em 15/06/2021, às 18h59

Marina Ruy Barbosa revela segredo para diminuir seu nível de ansiedade - Instagram
Marina Ruy Barbosa revela segredo para diminuir seu nível de ansiedade - Instagram

Marina Ruy Barbosa utilizou as redes sociais nesta terça-feira (15) para contar que mudou um pouco a rotina para conseguir diminuir seu nível de ansiedade.

A ruiva surgiu em uma sequência de cliques em meio à natureza e falou sobre os benefícios do contato com o meio ambiente. A musa explicou que tem feito mais atividades físicas como forma de diminuir o estresse.

“Outro dia, li que apenas 30 minutos em contato com a natureza podem reduzir o nosso nível de cortisol (o hormônio do stress). Desde então tento aproveitar ainda mais os momentos que eu posso respirar um ar puro, admirar a natureza e acalmar os níveis de ansiedade!”, disse ela.

Atriz falou ainda que, nos dias atuais, é difícil encontrar alguém que não sofra com o mal da ansiedade e, por isso, fica feliz de encontrar saídas para se manter mais saudável: “Amo quando encontro formas naturais de me renovar, de me acalmar, de me conectar. Respirar fundo - várias vezes-, admirar o visual, desligar o telefone e relaxar são os meus melhores remédios.”, confessou a artista.

Empreendedora!

Recentemente, a atriz surpreendeu os seguidores ao fazer uma oferta de emprego. A atriz publicou nas redes sociais os dados de três vagas em sua marca de roupas, Ginger, e avisou que iria receber currículos através de e-mail.

"São as três vagas de emprego que a gente está precisando. Mas se você gosta, quer trabalhar com a gente, se você tem ideias geniais e tem sugestões, manda um e-mail que a gente vai olhar tudo com calma para ter o 'dream team' ainda melhor e mais conectado. Não deixem de mandar os currículos", pediu, em vídeo.

Veja: