Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / COMO ASSIM?

Mara Maravilha dispensa funcionária após ela revelar ser fã de Lívia Andrade: "Não pisa mais aqui dentro de casa"

Apresentadora dispensou personal organizer após ela revelar ser fãs de Lívia; entenda!

Redação CONTIGO! Publicado em 23/06/2020, às 12h00 - Atualizado em 06/07/2020, às 19h37

Mara Maravilha dispensa funcionária após ela revelar ser fã de Lívia Andrade - Arquivo Pessoal
Mara Maravilha dispensa funcionária após ela revelar ser fã de Lívia Andrade - Arquivo Pessoal

A inimizade entre Mara Maravilha e Lívia Andrade parece ter sido motivo também para a demissão da personal organizer da cantora, segundo informações da colunista Fábia Oliveira.

Em entrevista à coluna, Fernanda Yume revelou que teve um desentendimento com Mara após a mãe de Benjamim descobrir que ela era fã de Lívia e trabalhava com ela esporadicamente.

Fernanda revelou que fez um post nas redes sociais parabenizado Lívia pelo aniversário e, ao chegar para trabalhar na casa de Mara, ela foi debochada:

"A Mara disse assim: “Ah, florzinha de Lívia” e saiu. Fui arrumar minhas coisas pra ir embora, porque não iam mais precisar de mim. Ela entrou na cozinha e disse: 'Se você trabalhar pra Lívia e o maquiador dela, você não pisa mais aqui dentro de casa'”.

Fernanda contou que bateu de frente com a apresentadora e não se diminuiu: "Eu respondi: 'Eu quero trabalhar pra todo mundo, porque eu sou fã (da Lívia), eu gosto e eu quero trabalhar pra todo mundo. Tenho meus filhos e eu preciso dar conforto pra eles. Ela ficou nervosa porque a Lívia vai voltar pro SBT e ficou bufando, ligando pra Chris Flores muito nervosa. Não quero um relacionamento desse de trabalho pra mim", disse ela.

Mara Maravilha se defendeu após o ocorrido e explicou: "Eu trabalho com a Lívia porque sou obrigada. O SBT manda e eu trabalho. Mas na minha casa, quem manda sou eu. Lívia não bate comigo e eu não bato com ela. Eu não odeio ninguém. Mas não quero na minha casa esse tipo de conversa. Eu não briguei e não gritei com ela. Apenas esclareci as coisas e dispensei. Ela não tinha qualquer vínculo empregatício comigo", revelou.