Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / REVOLTADO

Luis Roberto perde a linha e revela indignação após governo se oferecer para receber a Copa América: "É um tapa na cara"

Muito irritado, narrador considerou irresponsável decisão que não leva em conta os riscos aos brasileiros; veja

Redação Contigo! Publicado em 31/05/2021, às 16h08

Luis Roberto perde a linha e revela indignação após governo se oferecer para receber a Copa América: "É um tapa na caraä - Reprodução/Instagram
Luis Roberto perde a linha e revela indignação após governo se oferecer para receber a Copa América: "É um tapa na caraä - Reprodução/Instagram

Narrador esportivo da Globo, Luis Roberto soltou o verbo durante participação no Seleção SportTV na tarde desta segunda-feira (31). Ele criticou duramente a postura do governo brasileiro em aceitar organizar a Copa América mesmo com a pandemia fora de controle.

"Isso é uma vergonha. Essa Copa América já não deveria ser realizada. A pandemia interrompeu várias competições mundo a fora. Neste momento, é só mais um torneio caça-níquel", detonou ele.

Cada vez mais fora de si, ele foi aumentando o tom de voz e revelando sua indignação.

"A última, que foi disputada no Brasil, teve sua relevância. Além de desfalcar os times, de tumultuar o calendário, vai ter um mês de Copa América. Já seria ridícula a realização dela em condições normais", alegou ele.

Para o narrador, é preciso focar esforços na vacinação e prevenir o surgimento de novas variantes. 

"O país que tem a pandemia descontrolada, que levou nove meses para responder a carta da Pfizer, respondeu em dez minutos que vamos fazer a Copa América. Abertura em Brasília, final com público. É inaceitável. Nós não podemos aceitar essa decisão. Que os negacionistas façam caravanas agora para a final dessa porcaria dessa competição. É uma vergonha, é um tapa na cara", finalizou.

Veja o desabafo:

VEM AÍ?

A atriz Susana Vieira está criando ao lado de Patrícia Cupello um novo projeto para apresentar para a cúpula da TV Globo nas próximas semanas. 

Aos 78 anos, a estrela quer se reinventar e apostar em um programa de formato inusitado: segundo o jornal O Globo, o ideia central do formato é colocar a veterana em “situações improváveis para sua idade”.