Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
TV / Eita!

Louro Mané fala do salário no 'Mais Você' e gera climão: "Aumento"

Ao vivo no 'Mais Você', Louro Mané fala do próprio salário e gera situação constrangedora: confira

Leandro Fernandes

por Leandro Fernandes

lfernandes_colab@caras.com.br

Publicado em 23/05/2023, às 11h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Louro Mané fala do salário no 'Mais Você' e gera climão ao vivo - Reprodução/TV Globo
Louro Mané fala do salário no 'Mais Você' e gera climão ao vivo - Reprodução/TV Globo

Mascote do Mais Você, o Louro Mané mandou uma indireta a respeito do salário durante o programa desta terça-feira (23). Enquanto falavam sobre tecnologias de inteligência artificial, o papagaio pediu uma sugestão para aumentar a renda.

Tudo começou quando a apresentadora Ana Maria Braga falava com o especialista em tecnologia Ronaldo Lemos a respeito do ChatGPT, uma ferramenta de inteligência artificial que consegue produzir textos.

Enquanto experimentavam a ferramenta ao vivo, o Louro Mané quis fazer uma pergunta e logo disparou: "Como aumentar o salário sem trabalhar muito?". Ana Maria ficou em absoluto silêncio ouvindo o pedido do colega de estúdio.

"Essa aí eu quero saber e a galera do estúdio toda também", completa o mascote. A primeira sugestão do chatbot foi "Negocie um aumento". Apesar da pergunta sugerindo um salário baixo, a apresentadora manteve a pose e não respondeu diretamente, mas também não fez piada.

ANA MARIA CRITICA GOVERNO

Na manhã da última quarta-feira (17), logo no início do Mais Você, a apresentadora Ana Maria Braga quebrou o protocolo da TV Globo e fez críticas ao governo do Brasil após a Petrobras anunciar a redução nos preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha.

É que a mudança nos valores foi anunciada ontem, na última terça-feira (16), mas ainda não chegou aos postos de gasolina - a redução será de 12,6% na gasolina, 12,8% no diesel e de 21,3% no gás de cozinha. Indignada, a loira fez questão de cobrar agilidade para que os novos preços comecem a valer o quanto antes.

"Sobre os combustíveis, a redução ainda não chegou nas bombas. Quando tem aumento, a gente vê nas bombas no dia seguinte. Aumentou, aumentou lá. Agora, quando diminui, isso não acontece. A explicação para isso são várias, [...] mas a dúvida continua: porque para subir é rápido, e para abaixar, demora? A gente só queria entender", disparou ela.