Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / DESABAFO

Jornalista da Globo, Marcelo Cosme quebra o protocolo e faz desabafo: "Sou um gay com privilégios"

No Dia do Orgulho, apresentador surpreendeu os telespectadores com mensagem potente; veja

Redação Contigo! Publicado em 29/06/2021, às 08h50

Jornalista da Globo, Marcelo Cosme quebra o protocolo e faz desabafo: "Sou um gay com privilégios" - Reprodução/Instagram
Jornalista da Globo, Marcelo Cosme quebra o protocolo e faz desabafo: "Sou um gay com privilégios" - Reprodução/Instagram

O jornalista Marcelo Cosme desabafou durante o Em Pauta, telejornal que ele comanda na GloboNews. Nesta segunda-feira (28), dia em que é dedicado à celebração da diversidade, ele abriu o coração.

“Você que me assiste, viu há pouco tempo quando eu falando aqui no ‘Em Pauta’ que eu tenho um namorado, viu quando eu contei que o ator Paulo Gustavo me ajudou, quando retratou lá no cinema um filho gay sendo aceito pela família", lembrou ele citando outros momentos em que abriu o coração.

O jornalista contou que se vê como um gay com privilégios já que ocupa um posto de destaque e tem uma família que o aceitou e o ajudou.

“Sim, eu sou gay, mas sou um gay com privilégios e tenho que reconhecer isso. Eu sou um homem branco, eu tenho uma família que me acolhe, eu construí uma carreira que eu entendo que é uma carreira de sucesso. Eu tenho um trabalho que me respeita e me dá essa segurança aqui, a segurança de agora estar aqui sendo quem eu sou, de falar para você em rede nacional, em um programa de política, debatendo, que sou gay. Então, esse dia do orgulho vai continuar sendo necessário e importante até que esses direitos sejam iguais, que essa violência descabida acabe, que esse desrespeito se desfaça, que o preconceito não aconteça. Até que o dia que ser gay, ser lésbica, ser transexual, seja lá qual for sua orientação sexual, sua orientação de gênero, isso não faça diferença para ninguém. Porque é o básico, somos todos, eu, você, seres humanos. E o que que a gente está querendo? Apenas o respeito”, finaliza o jornalista.