Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / Delicado

Gugu Liberato ainda estava respirando ao chegar no hospital, segundo médico

Apresentador ainda respirava, mas lesão foi muito grave; entenda

Redação CONTIGO! Publicado em 24/11/2019, às 07h37 - Atualizado às 07h37

Gugu Liberato ainda respirava quando chegou ao hospital - Divulgação/Record/Antonio Chahestian
Gugu Liberato ainda respirava quando chegou ao hospital - Divulgação/Record/Antonio Chahestian

Uma reportagem do Jornal Nacional descreveu as circunstâncias exatas da morte repentina de Gugu Liberato.

O noticiário global exibiu neste sábado (23) uma matéria detalhada a respeito do que aconteceu com o apresentador. Com direito a simulação 3D, o JN mostrou como foi toda a situação, incluindo o fato de que o filho do apresentador foi ágil ao chamar a ambulância, que levou Gugu até o hospital em mais ou menos meia hora.

O médico Guilherme Lepski, neurologista chamado pela família para auxiliar nos Estados Unidos, deu uma entrevista exclusiva ao Jornal Nacional e falou a respeito do processo para determinar se haveria chance de salvar o apresentador. Ele ainda revelou que, quando chegou ao hospital, Gugu ainda respirava: "Ele tinha alguma atividade respiratória no início, então não era, de início, morte encefálica", contou. "O que acontece é que o quadro foi se deteriorando rapidamente", finalizou.

O exame que decretou finalmente que não teria como o apresentador se recuperar foi uma angiografia, que mostrou que não havia mais fluxo de sangue para o cérebro. Desta maneira, a morte encefálica de Gugu Liberato foi confirmada por volta das 21h desta sexta-feira (22).

ENTENDA O ACIDENTE

Ele não resistiu após cair de uma altura de quatro metros e bater a cabeça. O apresentador consertava o ar condicionado da mansão que comprou para viver ao lado da esposa, Rose di Matteo, e dos três filhos.

A  mãe do apresentador, Maria do Céu Moraes Liberato, de 92 anos, embarcou às pressas para Orlando logo após a confirmação do acidente. Ela vai acompanhar de perto os trâmites.

No momento do acidente, Gugu estava apenas na companhia da esposa. Durante toda a quinta-feira, fãs de todo o Brasil fizeram orações pela plena recuperação do comunicador. No fim do dia, um comunicado da família pedia respeito aos protocolos - pela lei norte-americana, somente após  48h se tornou possível um pronunciamento oficial pelo caso.