Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / Trauma

Gabriel Luiz, repórter que foi esfaqueado, revela detalhes: "Nem pensei em reagir"

No 'Encontro', o repórter Gabriel Luiz conta sobre tentativa de assassinato e desabafa ao vivo; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 09/05/2022, às 11h55

Gabriel Luiz, repórter que foi esfaqueado, revela detalhes do crime - Reprodução/TV Globo
Gabriel Luiz, repórter que foi esfaqueado, revela detalhes do crime - Reprodução/TV Globo

O repórter Gabriel Luiz, que foi esqueado por criminosos em meados de abril, deu uma entrevista ao Encontro desta segunda-feira (09).

Falando pela primeira vez na TV após o crime, o rapaz contou que a situação foi assustadora e que, na hora, não pensou que fosse tão sério.

"É uma dádiva estar vivo", disse no início da conversa com Fátima Bernardes. Ela ressalta uma cicatriz no pescoço do rapaz, que passou muito perto de ser fatal. "Eu tava no hospital me recuperando. O que eu queria fazer é tirar todos os fios e ir embora logo, porque pra mim eu tava ótimo".

Ele explica que foi percebendo aos poucos a gravidade da situação: "Eu fui redescobrindo, cada hora eu olhava 'gente, uma cicatriz'. No momento eu não sabia que era tão grave, eu fui correndo atrás do porteiro que me ajudou".

"Não percebi que era um assalto. Na hora eu achava que era alguém brincando. Eu faço krav maga, eu sou faixa laranja de defesa pessoal, nem pensei em reagir na hora", descreve. Mas em nenhum momento se desesperou: "Alguma coisa dentro de mim dizia: 'Eu não vou morrer, não vai ser agora'".

Após a situação, Gabriel pretende se mudar, já que passou outras situações no endereço que inspiram cuidado. "As vezes recebia dossiês em casa, já recebi marmita que eu não sabia a procedência. Meu pai é policial e avisou: 'não come, porque pode estar envenenado'".

JÁ TEVE ALTA

Gabriel Luiz, repórter da Globo que foi esfaqueado na porta de sua casa em Brasilia, finalmente recebeu alta do hospital. O profissional ficou exatos 23 dias internado, e explicou sua atual situação enquanto agradecia o carinho dos seguidores nas redes sociais.

"Estava torcendo tanto para que essa data viesse logo, para que a minha alta chegasse logo, e finalmente ela veio. Estou meio que sem reação ainda, de tudo o que está acontecendo. Foram dias difíceis, intensos, mas já passou", iniciou o jornalista.