Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / EITA

Felipe Titto diz que foi detido após tentar denunciar abandono de um cachorro: ''Me tiraram pra maluco''

Ator conta que policias fizeram piadas em tom intimidador e explica o que realmente aconteceu

Redação Contigo! Publicado em 12/04/2021, às 22h40

Felipe Titto é detido no Rio Grande do Sul
Felipe Titto é detido no Rio Grande do Sul - Instagram

Felipe Titto passou por um momento difícil ao tentar denunciar o abandono de um cachorro no meio da estrada e, nesta segunda-feira (12), ele contou que acabou detido após o episódio.

O galã explica que perseguiu o veículo que abandonou o animal, mas ao tentar denunciar acabou arrumando uma confusão com os policiais, que o levaram para a delegacia algemado.

“Eu estava no Rio Grande do Sul e eu vi um carro arrancando do encostamento onde ele abandonou um cachorro, um vira-lata, e esse cachorro em disparada atrás desse carro e obviamente, eu fui atrás desse carro”, iniciou ele.

Titto explicou que gosta muito de animais e, por isso, não poderia deixar passar batido. Ele contou que alcançou o carro e pediu para que a pessoa que estava dirigindo parasse, mas ao invés disso, o motorista levantou o vidro e passou a correr mais rápido.

O ator contou ainda que, quando conseguiu parar o carro, próximo de uma brigada policial, ouviu gritos de um oficial que disse para ele falar mais baixo Ele afirma que explicou a situação para o policial em serviço, mas não recebeu apoio.  

ATOR NA GLOBO

Felipe ficou revoltado após notícias que ele teria usado o fato de ser ator global para intimidar os policiais. Ele nega que isso tenha acontecido, mas garante que realmente perseguiu a pessoa que abandonou o animal e não se arrepende disso.

“Eu nem queria que ninguém me visse. O policial mandou eu falar menos, disse que estava de saco cheio. Eu peguei o celular para ligar para a advogada, o policial disse que se sentiu coagido, disse que eu desacatei e me prendeu”.

O artista disse ainda que os policiais fizeram piadas sobre ter que usar um fuzil com ele, mas garantiu que não deixará passar em pune: “Vocês deram um tiro no pé, quiseram me tirar pra maluco e carag*aram pro cachorro abandonado”