Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / EITA!

Fátima Bernardes é questionada se filho deixou o Brasil após golpe: "Não tem como resolver"

Ao vivo no 'Roda Viva', Fátima Bernardes é questionada sobre drama vivido por Vinícius Bonemer

Redação Contigo! Publicado em 26/07/2022, às 07h39

Fátima Bernardes é questionada se filho deixou o Brasil após golpe: "Não tem como resolver" - Reprodução/Instagram
Fátima Bernardes é questionada se filho deixou o Brasil após golpe: "Não tem como resolver" - Reprodução/Instagram

A apresentadora Fátima Bernardes desabafou durante participação no Roda Viva exibido nesta segunda-feira (25) ao relembrar o drama que seu filho, Vinícius Bonemer, enfrenta.

Desde 2020, ele tenta evitar as ações de golpistas que descobriram o seu CPF. Os criminosos chegaram a usar os dados do estudante para requisitar o auxílio emergencial.

"Até agora a gente está lutando contra isso. Nós falamos, nós denunciamos e até agora não conseguimos terminar esse caso. Juridicamente não está resolvido", disse ela ainda surpresa.

Questionada se ele deixou o Brasil por culpa da situação - hoje ele estuda na França - ela foi enfática. 

"Ele já vinha desde o primeiro período, batalhando desde o início da faculdade. Mas eu tenho certeza que deixou ele aliviado. Porque não é só isso. Tem empresas que são abertas com esse CPF em outros estados, temos que ter uma atenção constante porque não é possível trocar CPF. Foi usado para uma fraude, comprovada. Mas não tem como resolver", lamentou ela. 

"Vira e mexe tem que estar com advogado acompanhando", lamentou ela.

A FRAUDE

Em um desabafo nas redes sociais em maio de 2020, William Bonner disse que criminosos usaram o CPF de Vinícius Bonemer para uma série de fraudes. Eles inscreveram o herdeiro do jornalista no programa de benefício emergencial do Governo Federal. O auxílio foi aprovado, mas o dinheiro foi para uma conta que ele não tem acesso. Bonner desabafou sobre o desvio de dinheiro público.

"Meu filho não fraudou, é vítima e pode provar. Não se zelou pela aplicação do dinheiro público? Quem protege os cofres públicos da ação de estelionatários ou de pessoas mal intencionadas?", declarou ele.

Veja: