tv   / SUSTO

Equipe da GloboNews fica no fogo cruzado entre traficantes e policiais: ''Clima de muita tensão''

Ao vivo, equipe de reportagem precisou se esconder em prédio para fugir do tiroteio; duas pessoas morreram

Redação Contigo! Publicado quinta 27 agosto, 2020

Ao vivo, equipe de reportagem precisou se esconder em prédio para fugir do tiroteio; duas pessoas morreram
Equipe da GloboNews fica no fogo cruzado entre traficantes e policiais - Reprodução/Instagram

Uma equipe de reportagem do canal a cabo GloboNews viveu momentos de tensão no início da tarde desta quinta-feira (27)

O repórter André Coelho e o cinegrafista William Corrêa cobriam os desdobramentos de um tiroteio na madrugada quando uma nova troca de tiros começou.

A equipe ficou isolada em um prédio e mostrou a ação em tempo real durante o Edição das 10.

"A gente fala ao vivo, eu e o repórter cinematográfico William Corrêa estamos ao vivo de um prédio na rua Arístides Lobo, no bairro do Rio Comprido, onde começou agora há pouco uma nova troca de tiros bem próximo de onde a gente está. Essa região enfrenta um clima de instabilidade muito grande desde ontem, com essa guerra de facções pelo complexo de São Carlos", disse o jornalista com visível nervosismo.

André Coelho mostrou os policiais fortemente armados numa ação que assustou a equipe.

"Estamos escondidos, em segurança, tentando se manter longe de qualquer conflito. Mas a situação aqui é bem complicada. Um clima de muita tensão que mostra o grau de violência que essa região vem vivendo "desde ontem", disse o repórter.

Mais tarde, a cobertura foi retomada pelo Estúdio I. A TV Globo também exibiu reportagem no Jornal Hoje.

 

Último acesso: 29 Oct 2020 - 06:57:56 (1121873).