Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
TV / EMOÇÃO

Declaração do filho de Karol Conká no Altas Horas gera comoção: "Me carregou"

Declaração do filho de Karol Conká em momento raríssimo na televisão surpreende o público; veja

Gustavo Assumpção

por Gustavo Assumpção

gassumpcao@caras.com.br

Publicado em 21/05/2023, às 09h03

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Declaração do filho de Karol Conká no Altas Horas gera comoção: "Me carregou" - Reprodução/ Instagram
Declaração do filho de Karol Conká no Altas Horas gera comoção: "Me carregou" - Reprodução/ Instagram

A cantora Karol Conká surpreendeu o público na noite deste sábado (20) ao mostrar pela primeira vez o filho em um programa de televisão em muito tempo. Ela levou o rapaz para o Altas Horas e os dois se apresentaram juntos no palco da atração.

Ao vivo, a cantora foi às lágrimas ao cantar o hit Tombei ao lado do rapaz. "Estou emocionada", disse ela comovida com o momento ao lado de Jorge Conká. Muito parecido com a mamãe famosa, ele também foi entrevistado pelo apresentador.

Avesso aos holofotes e muito tímido, o rapaz foi questionado por Serginho Groisman sobre a participação complicada da cantora durante o BBB21: "Vou responder com poucas palavras, difícil", disse ele que enfrentou o drama ao lado da cantora. 

No momento mais emocionante, ele se declarou à estrela. "Queria agradecer por tudo, é seguro dizer que uma mulher que me carregou por nove meses na barriga, merece minha total lealdade e amizade. Tenho orgulho de dizer que você é minha melhor amiga", disparou ele. 

DRAMA

Participante mais rejeitada da história do Big Brother Brasil com 99,17% dos votos, Karol Conká surpreendeu ao contar que já pensou em tirar a própria vida, mas bem antes de entrar na 21° edição do programa. Em um sincero desabafo, ela lembrou da depressão que teve ainda na adolescência.

“Meu pai que era alcoólatra, então ele estava sempre desanimado. Eu comecei com isso aos 14 anos, quando meu pai faleceu. Foi a primeira depressão, assim o primeiro desânimo. Foi graças a Deus que eu não desisti da vida. Dizia que ia fazer de um jeito que não daria trabalho para ninguém. A pessoa com o pensamento suicida está com o ego infectado. É tipo ‘minha vontade prevalece e vou embora’. Cheguei nesse nível”, desabafou Karol Conká.