tv   / APOIO

Citada por reportagem, Maria Clara Gueiros defende Dani Calabresa: ''Fui testemunha do que ela passou''

Nas redes, a atriz quebrou o silêncio e disse que apoiou Dani Calabresa desde o princípio: "O tempo todo de mão dada com ela"

Redação Contigo! Publicado sexta 4 dezembro, 2020

Nas redes, a atriz quebrou o silêncio e disse que apoiou Dani Calabresa desde o princípio:
Citada por reportagem, Maria Clara Gueiros defende Dani Calabresa - Globo

Em meio à onda de apoio a Dani Calabresa, a atriz Maria Clara Gueiros quebrou o silêncio e falou sobre as supostas acusações de assédio sexual contra Marcius Melhem publicadas na edição de dezembro da revista Piauí.

Em seu perfil no Instagram, a humorista disse que sempre esteve ao lado de colega no decurso de levar o caso às instâncias superiores da Rede Globo.

Segundo reportagem da Piauí, Maria presenciou o momento em que Melhem tentara se aproximar de Calabresa nos Estúdios Globo, apenas três dias após ele ter agarrado-a e exposto suas partes íntimas para a atriz. Na ocasião, Maria teria pedido para Marcus deixar a colega em paz.

"Estou ao lado da Dani desde o princípio. Nossa luta foi incansável e construída com parcimônia e coragem. Fui testemunha do que ela passou e tenho muito orgulho de fazer parte da construção de tempos melhores. Erguemos uma estrutura de amizade, confiança e proatividade nesse último ano e conseguimos nos fazer ouvir", contou ela.

Maria ainda rebateu críticas de que não teria ajudado Calabresa — baseadas no fato de que, em dezembro passado, ela negou ter denunciado Melhem por assédio moral:

"Pros desavisados que me xingam dizendo que eu não ajudei a Dani, quero avisar que estive o tempo todo de mão dada com ela. Neguei que fiz uma denúncia de assédio moral em dezembro do ano passado, pois realmente não fiz, e isso é um fato. O resto todo é parceria, apoio, coragem e trabalho. Te amo, Dani."

ENTENDA O CASO

Reportagem da edição de dezembro da revista Piauí revela detalhes da investigação envolvendo as acusações de assédio contra Melhem, baseados nos relatos de 43 pessoas diretamente envolvidas no caso.

De acordo a publicação, Melhem teria infligido comportamentos abusivos, tanto no âmbito moral quanto no sexual, contra algumas atrizes do núcleo humorístico da Globo, então por ele chefiado.

Em um dos casos envolvendo Dani Calabresa, segundo relatos, o ator teria agarrado-a e mostrado sua genitália no banheiro de um bar em Botafogo, no Rio de Janeiro, no dia 5 de novembro de 2017, na ocasião da comemoração do centésimo episódio do Zorra. Depois do ocorrido, o caso chegou a ser analisado pelo compliance da emissora.

Marcius Melhem, vale lembrar, foi oficialmente desligado de suas funções na Rede Globo em agosto. O humorista, que trabalhava na emissora há 17 anos, estava de licença desde março para acompanhar o tratamento de saúde da filha no exterior.

Último acesso: 20 Jan 2021 - 06:35:08 (1132689).