Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / Juntos a Magia Acontece

Especial de Natal histórico na TV Globo emociona público e elenco: ''Uma celebração''

Pela primeira vez, um Papai Noel negro representou os sonhos de milhões de crianças

Redação Contigo! Publicado em 26/12/2019, às 08h21 - Atualizado às 08h23

Juntos a Magia Acontece: especial emociona elenco - Globo/Estevam Avellar
Juntos a Magia Acontece: especial emociona elenco - Globo/Estevam Avellar

A atriz Camila Pitanga comemorou nas redes sociais a exibição do especial Juntos a Magia Acontece, que marca um momento inédito na TV brasileira: pela primeira vez, um família negra estrela um especial natalino.

Emocionada desde as gravações, a atriz contou segredos da produção nas redes sociais.

"Hoje, depois da novela temos um encontro de Natal. Estar nesse especial, foi uma celebração pra mim, todo elenco e equipe. Durante as gravações, cartinhas com pedidos de crianças foram utilizadas na cenografia, mas no lugar de cartas fabricadas para o programa, foi pedido a alunos de uma escola pública do RJ, que escrevessem cartas reais. Fiquei muito impressionada com a generosidade contida naquelas palavras. Muitos dos pedidos não eram de coisas para elas, mas para pessoas que faziam parte do seu dia a dia, na família, nas ruas, na comunidade, no mundo. É lindo poder ler e se emocionar real com isso. Que hoje seja uma noite de muito amor pra elas e pra vocês", disse ela.

O ator Milton Gonçalves, que viveu o Papai Noel, também se emocionou.

"É uma emoção muito grande, porque quando eu era menino, não tinha Papai Noel negro. Quando eu era menino, tudo que era bom não era negro. De repente, muda. Meu neto já tem uma visão diferente", disse ele.

Já a atriz Zezé Motta, um dos destaques do elenco, festejou a oportunidade de estrelar o especial. "Quando a gente acredita que as coisas possam existir, elas existem...", disparou ela.

Juntos a Magia Acontece foi criado e escrito por Cleissa Regina Martins, que tem 24 anos e foi revelada pela primeira turma do Laboratório de Narrativas Negras, parceria entre a Globo e a Flup, iniciado em 2017