Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / AVALIOU

Betty Faria solta o verbo ao avaliar comportamento de Regina Duarte: "Um ego mal resolvido e machucado"

Em entrevista, atriz avalia passagem polêmica da colega pela Secretaria de Cultura

Redação Contigo! Publicado em 10/06/2020, às 09h53 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Betty Faria dá opinião sincerona sobre Regina Duarte - Reprodução
Betty Faria dá opinião sincerona sobre Regina Duarte - Reprodução

Sempre direta, a atriz Betty Faria deu uma opinião contundente sobre a colega Regina Duarte. Após uma passagem curta e problemática pela Secretaria de Cultura, ela foi demitida do cargo para ocupar uma função que já foi descartada.

Segundo Betty, é preciso ter a cabeça no lugar quando o assunto é a fama.

"A atriz que foi bonita, famosa, a namoradinha, se não trabalhar o ego, vai ficando magoada. Essa é a cilada. E quando aparece um trabalho que dá a chance de a pessoa aparecer, um trabalho em que ela se dá importância, acontece isso. Foi isso que aconteceu com a Regina. Um ego mal resolvido e machucado. Fiquei pensando muito nela e por que a pessoa vira isso de repente", declarou ela.

As revelações aconteceram numa transmissão ao vivo com Maria Ribeiro.

"O ego da atriz que foi famosa e bonita é muito mais duro. É mole ficar velha se você foi a coadjuvante e a baranga a vida inteira. Primeiro porque, mais velha, você desperta menos tesão. Tem sempre alguém que gosta um pouco, mas não era como antes. Além disso, a pessoa tem que saber que o protagonismo é dos mais jovens, os papéis não terão o mesmo destaque. A atriz vai sofrer com a idade se não estiver trabalhando a cabeça. Trabalhei muito a minha. Quem sabe a Regina, por exemplo, não esteja com o ego ferido. É importante falar isso. Quem sabe o ego dela não estava profundamente ferido para aceitar isso", disse ela.

REGINA DESABAFA

Há uma semana, a ex-Secretária Especial de Cultura compartilhou uma reflexão sobre as duras críticas que recebeu durante seu período no cargo"Talvez eu seja como um rio: quem só me conhece à superfície não faz ideia da força que me corre por dentro", dividiu ela.

A passagem de Regina pela pasta foi marcada por polêmicas e um processo de 'fritura' interna — promovido sobretudo pela ala mais ideológica do governo.

No início do mês, a agora ex-secretária foi duramente criticada pela classe artística após uma entrevista para a CNN Brasil. No ar, ela minimizou a tortura do período da Ditadura Militar e se irritou com uma das repórteres ao ser questionada sobre sua posição no governo.