Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / SUSTO PASSOU

Após invasão de homem armado, Renata Vasconcellos apresenta 'Jornal Nacional': ''Corajosa''

Apresentadora teve de falar com invasor, mas trabalhou normalmente; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 10/06/2020, às 21h52 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Renata Vasconcellos apresenta o 'Jornal Nacional' após invasão - Reprodução/TV Globo
Renata Vasconcellos apresenta o 'Jornal Nacional' após invasão - Reprodução/TV Globo

No Jornal Nacional desta quarta-feira (10), Renata Vasconcellos e William Bonner falaram sobre a invasão que ocorreu na sede do jornalismo da Globo.

O noticiário global incluiu o fato bizarro e assustador entre os assuntos da noite. "A segurança da Globo rapidamente agiu, isolou o local e chamou a PM. O comandante do 23° batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu à emissora e conduziu a negociação. O homem, que ameaçava a jornalista, liberou a repórter após alguns minutos. Marina e todos os funcionários que estavam no local não se feriram e passam bem", disse a nota da emissora.

O comunicado prossegue: "A TV Globo agradece à PM, ao coronel Heitor e a todos os policiais, cuja condução foi exemplar. Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação. Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem. E foram recebidas pelos colegas com carinho e emoção".

Na data do aniversário da apresentadora, ela acabou se envolvendo em uma situação tensa: um homem armado com uma faca conseguiu entrar na sede do jornalismo da Globo e fez a repórter Marina Araújo de refém. Ele exigiu falar com Renata e só abaixou a arma quando ela chegou.