Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / DESABAFO

Ana Paula Padrão relata a 'saga' do vibrador de amiga que foi jogado no rio Tietê: "Aquela coisa voou"

Em programa de TV, ela contou história inusitada envolvendo o brinquedo erótico

Redação Contigo! Publicado em 04/08/2021, às 10h43

Ana Paula Padrão relata a 'saga' do vibrador de amiga que foi jogado no rio Tietê: "Aquela coisa voou" - Reprodução/Instagram
Ana Paula Padrão relata a 'saga' do vibrador de amiga que foi jogado no rio Tietê: "Aquela coisa voou" - Reprodução/Instagram

Sempre espirituosa, a apresentadora Ana Paula Padrão contou uma história inacreditável envolvendo um brinquedinho erótico. A declaração foi ao ar no Que História é Essa Porchat?, exibido pelo GNT.

"É uma longa história, que se passou durante muito tempo. Uma saga. Quando eu me separei do meu ex-marido, eu precisava rapidamente de um lugar pra morar, pra ir, mobiliado. E uma querida conhecida minha foi muito gentil", começou ela.

A jornalista então ficou morando em um apartamento que era dessa amiga. Só que existia uma questão que acabou 

"Ela disse: 'tem um probleminha. Eu não tirei algumas coisas minhas que ainda tão lá, eu vou deixar no quarto 2, você ocupa 1 e tá tudo certo'", contou ela que foi arrumar os pertences e encontrou um objeto sugestivo. "Encontrei uma sacola de veludo preta. No que eu peguei, eu já saquei o que era o conteúdo", afirmou rindo.

Ela então deu detalhes do vibrador. "Era compridão. Parecia um abajur. Eu não abri pra ver porque eu já senti ali peto tato, espessura, formato... embaixo tinha uns lugares que devia ser bateria".

Segundo Padrão, a amiga ficou de buscar o objeto, mas ela não apareceu. O tempo foi passando, ela ia deixar o apartamento e ficou com medo de, durante a mudança, os encarregados encontrassem o objetivo. 

"Pensei. Vou largar dentro do armário, uma hora se resolve. Passaram 6 meses, 8 meses, consegui um apartamento pra mim e avisei que ia sair. Chamei o caminhão de mudança", lembra. Ela contou que os carregadores acabaram levando o objeto para seu novo apartamento.

"Fui trabalhar, de noite fui pro outro apartamento, larguei lá dentro de uma gaveta, esqueci e passei um ano lá nesse outro apartamento. Depois mudei. Na hora do caminhão de mudança, pensei 'putz, o negócio tá lá'. Catei, dentro da bolsa, fui trabalhar, de noite já tava no outro".

Em um dia, ela decidiu levar para o trabalho para, no caminho, se desfazer do vibrador.

"Botei dentro de uma caixa, uma sacolinha, algo que não chamava atenção. Fui trabalhar, levei pra dentro do camarim. Pendurei num cabidinho; Fui, gravei, fui pra casa. Fui pra casa, já era noite e tal, no dia seguinte fui trabalhar e lembrei, 'Caramba, larguei o negócio no camarim'. Cheguei correndo, procurando, entro no camarim, o negócio não tava mais lá. Tinha sumido. Falei, caramba e agora, alguém pegou isso daqui de dentro. Passei o dia gravando, tensa. Cheguei em casa de noite, tensa, contei pro meu marido, ele teve um ataque de riso", declarou.

Perplexa com o sumiço, ela pediu ajuda para, por meio das câmeras de segurança, reencontrar o objeto. "A estilista, então, falou com as camareiras e, em seguida, voltou com uma delas. A camareira contou que havia pego a sacolinha porque achou que poderia se tratar de uma joia que ela havia esquecido", lembrou ela. 

Ao fim, ela contou que se desfez do objeto o jogando dentro do rio Tietê. "Voltando na van, como quem não quer nada, tum, Neusinha [sua camareira] abre a janela e tchum, aquela coisa voou".

DESABAFO

Aos 55 anos, a apresentadora e jornalista Ana Paula Padrão surgiu em um clique raro de biquíni nas redes sociais. Na legenda da imagem, ela publicou uma reflexão sobre o direito de poder publicar aquilo que bem entender. Ela contou que durante muito tempo se privou de determinadas publicações com medo de duvidarem da seriedade de sua carreira