Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / PANDEMIA

Alexandre Nero lamenta falta de contato com colegas nas gravações da novela durante a pandemia: "Um sofrimento"

Interpretando vilão em Nos Tempos do Imperador, o ator falou sobre não poder abraçar colegas após dizer barbaridades em cena

Redação Contigo! Publicado em 21/08/2021, às 09h57

Alexandre Nero lamenta falta de contato com colegas nas gravações da novela durante a pandemia: "Um sofrimento" - Reprodução/TV Globo
Alexandre Nero lamenta falta de contato com colegas nas gravações da novela durante a pandemia: "Um sofrimento" - Reprodução/TV Globo

Alexandre Nero desabafou em entrevista ao Conversa com o Bial na última sexta-feira (20) sobre gravar uma novela durante a pandemia.

Interpretando o vilão Tonico Rocha, na trama das seis Nos Tempos do Imperador, o ator contou que sente falta de receber um retorno do público sobre a novela, já que ela foi gravada antes de ir ao ar.

"A relação, essa segregação que o tema da novela impõe também tem acontecido por causa da pandemia, ninguém tem se relacionado. Tem essa coisa da relação com o público, que é uma das coisas mais gostosas de fazer novela. Essa resposta do público. Você vai moldando, você vai azeitando o personagem conforme você vai assistindo junto, eu acho isso uma diversão e infelizmente a pandemia nos privou disso", contou ele.

O ator também falou sobre se sentir afastado dos seus colegas de cena: "Ninguém tem se relacionado, a gente está cada um no seu camarim. A gente não tem se encontrado para as festas, para beber um chope. Não tem por causa da pandemia"

Alexandre Nero também ressaltou que é difícil fazer um vilão sem poder se "desculpar" com os colegas após ofendê-los em cena. 

"Isso tem sido um sofrimento muito grande para mim especialmente porque meu personagem fala barbaridades para as pessoas, isso é terrível. Eu adoro desde que, depois, eu posso abraçar e beijar as pessoas. O problema é que eu falo barbaridades e eu não posso abraçar e beijar ninguém", conta. 

PERRENGUE

No ar em Nos Tempos do Imperador, Mariana Ximenes está passando por perrengues em sua atuação como Luísa, a Condessa de Barral.

Em entrevista ao Notícias da TV, a artista entrega que não foi fácil manter a pose dentro dos vestidos pesados e abafados da condessa. "É um figurino lindo, cada um mais estonteante do que outro, eu sou transportada para outra época, mas dá um trabalho. São quatro saias, superpesadas, marcadas na cintura. Não dá para colocar sozinha, porque é uma traquitana. Eu passei até a me questionar como é que elas faziam xixi naquela época", disse a atriz.