Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Colunas / Gabriel Perline / PROCESSO JUDICIAL

Val Marchiori culpa ex-marido por dívida e calote com escola de seus filhos

Val Marchiori culpa ex-marido por dívida com escola de seus filhos, Eike e Victor. A empresária esclareceu que Evaldo Ulinski é responsável por calote

A empresária esclareceu mais detalhes do processo judicial - Reprodução
A empresária esclareceu mais detalhes do processo judicial - Reprodução

Como noticiado por esta modesta coluna, Valdirene Aparecida de Marchiori, mais conhecida como Val Marchiori, está sendo processada pelo Colégio Dante Alighieri por dever mais de R$ 16 mil em mensalidades dos filhos Eike Marchiori Ulinski e Victor Marchiori Ulinski. À coluna, a empresária esclareceu que o "calote" é resultado da falta de pagamentos e irresponsabilidade de Evaldo Ulinski, pai dos gêmeos. 

Em 2023, Eike Marchiori Ulinski e Victor Marchiori Ulinski cursaram o terceiro ano do Ensino Médio na instituição, localizada em um bairro nobre de São Paulo. Mesmo após mais de seis meses da formatura, o pagamento de três mensalidades referentes aos jovens não foi realizado. Ao matricular os dois filhos juntos, a mensalidade de R$ 5.159,00 ainda foi abaixada para R$ 5.004,23, após um desconto de 3% dado a Eike Marchiori Ulinski. 

No processo, protocolado em maio deste ano, o Colégio Dante Alighieri informou que Val Marchiori "não pagou as mensalidades escolares vencidas em novembro e dezembro de 2023 em relação ao aluno Eike e a mensalidade de dezembro de 2023 em relação ao aluno Victor", somando R$ 16.710,58. Como informado, o valor é ainda maior, visto que deve ser acrescido de juros até a efetivação do pagamento.

Em dezembro de 2023, a empresária ainda comemorou a formatura dos filhos: "É um grande orgulho ver meus filhos concluindo essa etapa da vida, foi um caminho longo que resultou em um futuro próspero. Sendo mãe e pai nessa jornada me sinto realizada em ver meus amores formados!", escreveu em uma publicação do Instagram. Na mesma época, o valor devido ao colégio já ultrapassava três mensalidades. A escola ainda solicitou que ela seja responsável pelas custas e despesas processuais e honorários advocatícios, ou terá suas contas e aplicações financeiras bloqueadas.

No dia 24 de maio, o juiz Marcos Duque Gadelho Junior, responsável pelo caso, ainda determinou que ela pagasse a dívida no prazo de três dias após ser notificada em seu endereço. Já no dia 3 de junho, ela foi informada sobre a ação. Vale lembrar que, mesmo um mês depois, a dívida ainda não foi quitada.

Entretanto, Val Marchiori relatou à Contigo! que o responsável financeiro do colégio de seus filhos é Evaldo Ulinski, seu ex-marido e pai de seus filhos. A socialite admitiu que assumiu a responsabilidade pela dívida após o empresário não cumprir com suas obrigações.

A socialite ainda desabafou sobre a falta de responsabilidade do pai de Eike Marchiori Ulinski e Victor Marchiori Ulinski, que não paga pensão e nem mesmo vê os filhos há ao menos oito anos. Com a omissão do empresário, Val Marchiori assumiu a situação e solicitou que seus advogados fizessem um acordo com o Colégio Dante Alighieri.

Veja o comunicado enviado à coluna pela assessoria de imprensa:

"Quanto a matéria veiculado sobre a ação relacionada ao Colégio Dante, trata-se de dívida de responsabilidade do pai dos meus filhos, que não cumpriu com suas obrigações e, para piorar, faz cerca de 8 (oito) anos que não paga pensão e nem visita os filhos. Então, diante da omissão dele (o pai dos meus filhos), fui obrigada a assumir a responsabilidade por essa dívida e solicitei que os advogados fizessem um acordo, o que não foi feito pelos mesmos e está em apuração para eventuais responsabilidades éticas. Diante disso, revoguei as procurações e constituí novos advogados que já estão em contato com a escola para resolver a referida questão o quanto antes".