Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Novelas / Vingança

Nos Tempos do Imperador: Tonico age de má-fé e arma emboscada para irmão de Nélio

O deputado corrupto mostrará que não tem escrúpulos e partirá para a maldade com o falso marinheiro; veja o que vai acontecer

Redação CONTIGO! Publicado em 03/01/2022, às 11h53

O deputado corrupto mostrará que não tem escrúpulos e partirá para a maldade com o falso marinheiro; veja o que vai acontecer - Reprodução/TV Globo
O deputado corrupto mostrará que não tem escrúpulos e partirá para a maldade com o falso marinheiro; veja o que vai acontecer - Reprodução/TV Globo

Em Nos Tempos do Imperador, Tonico (Alexandre Nero) embebedará Bernardinho (Gabriel Fuentes) e o mandará para a Guerra do Paraguai (1864-1870) para se vingar de Nélio (João Pedro Zappa). O falso marinheiro acordará bêbado num navio com destino ao campo de batalha.

Nos próximos capítulos da trama das seis, o deputado corrupto perceberá que o rapaz e Lota (Paula Cohen) estão escondendo informações sobre o paradeiro do advogado e Dolores (Daphne Bozaksi). Mal-intencionado, ele convidará o jovem para uma noitada no cassino.

O vilão incentivará Bernardinho a beber além da conta, fazendo com que ele perda a razão. Um tempo depois, ele acordará ainda embriagado e tentará se recompor, mas será tarde demais.

"Tonico, acho que estou mareado. Garçom, traz um café bem forte, está tudo balançando, parece que estou num barco", dirá o falso marinheiro. "Você está num barco, irmão", rebaterá um homem.

Bernardinho olhará em volta e perceberá que está em alto-mar. Ele também notará que está usando uma farda do Exército. "Quem são vocês? Que navio é esse? Para onde estamos indo?", reagirá Bernardinho, entrando em desespero.

"Vamos lutar na Guerra do Paraguai", afirmará o soldado, deixando o irmão mais do novo de Nélio em choque.

PRESO

Pilar (Gabriela Medvedovski) não jogará o buquê, mas sim uma cusparada na cara de Tonico (Alexandre Nero) O vilão interromperá a cerimônia para revelar que Samuel (Michel Gomes), na verdade, é Jorge. Ele fará o engenheiro ser preso injustamente pelo assassinato de Ambrósio (Roberto Bonfim).

O engenheiro sentirá um arrepio na espinha: "Peço a Deus que o meu passado não me apareça, em algum momento, me cobrando por um crime que eu nunca vou poder provar que não cometi", dirá o rapaz.