Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / OS MISERÁVEIS

Há 57 anos, Band inovava ao estrear primeira novela com capítulos longos

Adaptação de clássico da literatura, Os Miseráveis fez história na Band com mudança; novela ficou marcada pelo trabalho do autor Walther Negrão

Mariana Krunfli, sob a supervisão de Arthur Pazin Publicado em 13/05/2024, às 18h39 - Atualizado às 18h42

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Maria Isabel de Lizandra estrelava Os Miseráveis - Foto: Acervo TV Globo
Maria Isabel de Lizandra estrelava Os Miseráveis - Foto: Acervo TV Globo

Há 57 anos, a Band estreava sua primeira novela, Os Miseráveis. Adaptação do clássico da literatura, a trama fez história na emissora ao inovar com a duração dos capítulos, que passaram a ser mais longos na obra. Além da mudança, o folhetim também ficou marcado pelo trabalho de Walther Negrão, que escreveu, produziu e acompanhou a edição da obra.

Escolhida por Amarildo Nicéas, um dos diretores da Band no período, a adaptação do clássico de Victor Hugo foi realizada com liberdade total pelo autor Walther Negrão, como conta o livro Biografia da Televisão Brasileira, de Flávio Ricco e José Armando Vannucci.

Apesar de ainda ser uma adaptação, a novela ficou marcada pelas diferenças da história original. “Esta história é minha e de Victor Hugo!”, costumava brincar o autor, segundo o jornalista Nilson Xavier, do site Teledramaturgia.

Para adaptar a história sozinho, Walther Negrão contou com um recurso especial que facilitou o trabalho. “Na pressa de ter o resumo […], eu me socorri em uma revista de quadrinhos, chamada ‘Edições Maravilhosas’, que tinha lançado uma edição da obra. Eram 30 páginas em quadrinhos e cada um deles me dava um capítulo da novela. Era tão condensado que facilitou muito meu trabalho, não precisei consultar o livro a toda hora. Eu lia e relia as histórias em quadrinhos para não perder o rumo. Serviu como guia", conta ele ao livro Autores: Histórias da Teledramaturgia, do Projeto Memória Globo.

De acordo com informações do livro Almanaque da TV, de Bia Braune e Rixa, Os Miseráveis era exibida por uma hora inteira no ar, diferente dos folhetins da época, que tinham capítulos de meia hora. Antes da exibição na Band, a história já tinha sido transmitida na TV Tupi, com Débora Duarte como a personagem Cosette, em dois capítulos por semana. 

Leia também: Novela estreou às pressas há 53 anos e consagrou fama de Regina Duarte

No elenco, estavam nomes como Sílvio de Abreu, Chico de Assis, Leonardo Villar, Maria Isabel de Lizandra, Geraldo Del Rey, Sadi Cabral, Cacilda Lanuza, Raul Cortez, Rubens Correa, Laura Cardoso, Serafim Gonzalez, Leina Krespi, Ivone Hoffman, Otávio Augusto, Esmeralda Barros, Adriano Stuart e Felipe Carone.