Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / Recordação

Glória Perez recorda perrengue com atriz e mal-entendido nas gravações de 'O Clone': "Estava chorando"

A autora ainda relembrou um problema nos bastidores da trama após a análise de um Sheik; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 07/10/2021, às 15h21

A autora ainda relembrou um problema nos bastidores da trama após a análise de um Sheik; veja - Reprodução/ TV Globo
A autora ainda relembrou um problema nos bastidores da trama após a análise de um Sheik; veja - Reprodução/ TV Globo

Desde do dia 4 de outubro a reprise de O Clone vem sendo exibida no Vale A Pena Ver de Novo. Nesta quinta-feira (7), Glória Perez revelou um perrengue que passou enquanto produzia a trama.

Ao podcast Novela das 9, do Gshow, a autora conta que a trama protagonizada por Giovanna Antonelli e Murilo Benício não deveria ter sido ambientada no Marrocos: a história de Jade e Lucas, na verdade, deveria ter sido transmitida no Egito.

A novelista revelou que a atriz Eliane Giardini foi quem provocou a mudança de país, devido a uma entrevista dela sobre a personagem Nazira. “Primeiro nós íamos fazer no Egito. Eu passei 20 e tantos dias lá (…) Eis que a Eliane Giardini me dá uma entrevista dizendo que espera que a novela também sirva para falar das mulheres, da libertação. Bom, fomos proibidos de gravar no Cairo”, disse.

“Por isso nós fomos para o Marrocos, e foi uma experiência muito interessante”, contou Gloria.

Ao ser questionada se está assistindo à reprise no horário vespertino, ela contou que está se divertindo ao rever a trama: “Não tenho que me preocupar com Ibope, com a aceitação dos personagens e boa parte da novela eu esqueci”.

PROBLEMAS CULTURAL

Perez ainda revelou que teve problemas com o apoio muçulmano da obra, o Sheik Jihad, que era consultor da novela nas questões muçulmanas e na cultura árabe da obra. “Eu cheguei na produção, e o Sheik Jihad estava chorando. Ele olhou pra mim e disse: ‘Você quer nos destruir!’. Eu fiquei arrasada com aquilo e falei: ‘Sheik, eu estou fazendo tudo com todo o cuidado, carinho, dedicação'”, disse.

Ela explica o que houve: "Aí ele me mostra uma cena onde o Tio Ali (Stênio Garcia) dizia pra Jade: ‘O Livro Sagrado diz…’ e ele balançava o livro. Acontece que o livro que o Sheik tinha nos dado era em árabe. E o Alcorão em árabe é Deus encadernado, você não pode sacudi-lo. Você pode sacudir o Alcorão em qualquer tradução, mas em árabe não pode. É Deus encadernado. E aí foi imediatamente substituído aquele Alcorão e posto outro, e o Sheik entendeu que não houve ofensa nenhuma, que foi uma coisa de absoluta ignorância disso”, relembrou a autora.

DECIDIDO

Diogo (Murilo Benício) não se conforma e ameaça Yvete (Vera Fischer). Após ter uma noite quente com ela, sem saber que se tratava da namorada do pai, ele tentará separá-la por acreditar que a mulher é apenas uma interesseira e dará um ultimato: "Some, toma teu rumo".

Diogo e Yvete se encontraram pela primeira vez durante a primeira noite em Marrocos e tiveram uma forte atração que acabou em beijos e sexo em uma festa. O problema é que os dois acreditavam que essa situação seria somente um encontro de uma noite, mas os dois estariam iniciando uma guerra.