Flor do Caribe: Cassiano espanca Alberto no meio da rua depois de briga com Ester

O empresário provoca o rival em público e não reage aos socos que recebe; confira o que vai acontecer

Redação Contigo! Publicado quarta 18 novembro, 2020

O empresário provoca o rival em público e não reage aos socos que recebe; confira o que vai acontecer
O empresário provoca o rival em público e não reage aos socos que recebe; confira o que vai acontecer - Reprodução/TV Globo

Em Flor do Caribe, Ester (Grazi Massafera) voltou para o lar dos Albuquerques para ficar ao lado dos seus filhos, pois Alberto (Igor Rickli) tanto insistiu que conseguiu a guarda de Laurinha.

O empresário a humilhará e fará exigências para permitir que ela volte para a mansão, como proibi-la de voltar a se encontrar com Cassiano (Henri Castelli). Mas o amor fala mais alto e Ester dará um jeito de ver o piloto às escondidas.

O casal começará a se reunir secretamente na casa dos pais de Ester, mas Alberto ficará de tocaia do lado de fora e flagrará os pombinhos. Furioso, o empresário acelera o carro para cima de Ester, deixando-a apavorada com a atitude do marido: "Que é isso, Alberto! Quer me matar?"

Diante de todos, Alberto pegará no braço de Ester e a ameaça: "Escuta bem o que vou te dizer. Insista em se encontrar com esse marginal para ver o que te acontece!"

Ester pedirá para Alberto soltá-la, mas ele continuará apertando o braço da esposa com força e avisará que pode machucá-la muito mais. Cassiano chegará, dará um empurrão no rival e mandará ele nunca mais encostar um dedo em Ester. Mas Alberto provocará, puxará Ester com força e dirá: "Vamos para casa, meu amor."

Cassiano não deixará barato e dará um soco no inimigo. Mas Alberto começa a dar risada e diz: "Então você quer brigar. Bate que eu aguento."

O piloto não se contém e, diante dos olhares dos curiosos, continuará batendo no ricaço. A pancadaria é interrompida com a chegada de Hélio (Raphael Vianna), que segura Cassiano e depois corre para socorrer Alberto.

O advogado perguntará se o seu patrão quer passar no posto médico, mas Alberto dirá qual o seu próximo passo - deixando Hélio pasmo:

"Que posto médico? Só um tapado igual a você para achar que vou querer apagar essas marcas que o Cassiano fez na minha cara. (...) Agora me leva até a delegacia que eu preciso fazer um boletim de ocorrência contra essa violência absurda que o Cassiano cometeu contra mim. Essa gente toda aí são testemunhas. Testemunhas da covardia do Cassiano. (risos)"

Último acesso: 04 Dec 2020 - 00:20:18 (1130970).