Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / Reta final

Final A Vida da Gente: Ana e Manu rejeitam Eva e escolhem nova mãe: "Amor verdadeiro"

Após cirurgia, as irmãs refletiram sobre situação com a mãe e tomaram decisão surpreendente; confira

Redação CONTIGO! Publicado em 05/08/2021, às 15h14

Após cirurgia, as irmãs refletiram sobre situação com a mãe e tomaram decisão surpreendente; confira - Reprodução/TV Globo
Após cirurgia, as irmãs refletiram sobre situação com a mãe e tomaram decisão surpreendente; confira - Reprodução/TV Globo

Chegando ao fim nesta sexta-feira (6), a novela A Vida da Gente conseguiu conquistar o coração do público novamente, assim como aconteceu em 2011, ano em que foi exibida originalmente.

A trama de Lícia Manzo alcançou uma das maiores repercussões nesta reta final do folhetim. Tudo por conta do jeito desumano de Eva, interpretada pela atriz Ana Beatriz Nogueira. A mãe de Ana (Fernanda Vasconcellos) e Manuela (Marjorie Estiano), desde o início tratou as irmãs de forma diferente.

No fim, porém, Eva acaba ultrapassando vários limites que lhe foram dados ao longo da história e perde até mesmo a compreensão de Ana, sua filha mais próxima, e de sua mãe, Iná, papel da eterna Nicette Bruno. No penúltimo e último capítulo, que vão ao ar nesta quinta-feira (5) e sexta-feira (6) respectivamente. A mãe de Júlia (Jesuela Moro) dará um basta nas atitudes mesquinhas da mãe em relação à irmã.

Após o transplante bem-sucedido de Manu para Júlia, Eva surpreende ao levar uma sopa para a filha, que enfrentará o pós-cirúrgico. Mesmo assim, sua presença é carregada de energias negativas e faz com que Ana e Manuela reflitam sobre o convívio com a mãe dali para a frente.

Depois de um transplante de sucesso entre Manu para Julia, Eva surpreenderá ao levar sopa para sua filha. Mesmo assim, sua presença é repleta de energias negativas, fazendo Ana e Manuela refletirem sobre a relação com a mãe a partir de então.

Em conversa com a avó, Ana enxerga que o melhor a se fazer é se afastar da mãe. “Sabe o que eu acho? Que a gente tem que criar uma estratégia de sobrevivência“, diz Ana. Ela continua, agora se dirigindo especificamente à Manu, que sempre foi rejeitada por Eva. “Tem que começar a lidar com ela como um caso clínico. Com distanciamento. A gente não pode morder essa isca neurótica que ela joga pra gente o tempo todo, Manuela”, expõe Ana. Iná concorda e sugere que elas comecem a abrir somente o mínimo sobre suas vidas para a mãe delas.

NOVA MÃE

Em seguida, Manu fez um comentário muito forte, que pode significar um novo começo na vida familiar das três mulheres presentes. “Eu posso falar? Eu acho que na verdade que quem é nossa mãe mesmo é você, vó”, diz ela, emocionada.

Iná, com toda sua gentileza, responde: “Vai ver que sou mesmo. Porque o importante é saber o que tem dentro dessa palavra tão forte: mãe. Autoridade, vontade de domínio… ou afeto, amor verdadeiro?”, reflete a avó, recebendo sorriso das netas.

ESQUECIDA

Alice (Sthefany Brito) não terá um grande final que possa chamar de seu. Depois de tentar reconciliar sua relação com Renato (Luiz Carlos Vasconcelos) e seus pais adotivos durante a maior parte da história, a jovem se contentará em ver a felicidade de Suzana (Daniela Escobar) e Cícero (Marcello Airoldi), que se recuperaram de uma crise no casamento.

No capítulo desta quinta-feira (5), a estudante encontrará o pai adotivo no trabalho. O dono da concessionária terá pedido para conversar com a filha antes de ir viajar com a mulher para Veneza, na Itália. "Eu e sua mãe conversamos muito a respeito de tudo que aconteceu. Nós pusemos a casa em ordem, vamos dizer assim. Mas ainda tem uma pendência, uma coisa que quero resolver antes de viajar. Por isso, quis falar com você. Você sabe melhor que ninguém o quanto eu me senti ameaçado quando você foi em busca do seu pai biológico", começará Cícero.