Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / EMOÇÃO

Era Uma Vez: relembre grandes atores e atrizes que atuaram na novela, já morreram e deixaram saudades

Exibida originalmente em 1998, novela que retorna ao Globoplay nesta segunda (16) é oportunidade para rever grandes estrelas

Gustavo Assumpção Publicado em 16/08/2021, às 10h55

Era Uma Vez: relembre grandes atores e atrizes que atuaram na novela, já morreram e deixaram saudades - Reprodução/TV Globo
Era Uma Vez: relembre grandes atores e atrizes que atuaram na novela, já morreram e deixaram saudades - Reprodução/TV Globo

Muito marcante para quem era criança no final dos anos 90, a novela Era Uma Vez está disponível na íntegra no Globoplay a partir desta segunda-feira (16). Escrita por Walther Negrão com a colaboração de Elizabeth Jhin, Márcia Prates e Júlio Fischer, a novela tem a marca do diretor Jorge Fernando.

Bem-humorada, leve e com ares de conto de fadas, a produção contava a história de três gerações envolvidas em histórias de amor. O romance entre Álvaro (Herson Capri) e Bruna (Andréa Beltrão) e o triângulo amoroso com Madalena (Drica Moraes) na fictícia Nova Esperança manteve o público entretido ao longo da trama.

Exibida em 1998, a novela foi marcada pela presença de um elenco de atores veteranos de grande talento. Parte deles já partiram deixando saudades. Relembre abaixo a lista das estrelas da novela que não estão mais entre nós.

Claudio Marzo

O intérprete do rígido empresário Xistus foi um dos destaques da novela que estreou em 1998. Em uma de suas melhores performances da carreira, ele criou um personagem marcante. Muito querido pelos fãs, ele morreria em 22 de março de 2015 após ficar vários dias internado com complicações causadas por uma pneumonia.

Elias Gleizer

Coube ao veterano o desafio de interpretar o simpático e bondoso Vô Pepê, talvez o personagem mais lembrado de Era Uma Vez. Em um dos momentos inesquecíveis de sua trajetória nas novelas, ele viveu uma relação de antagonismo bem humorada com Xistus (Claudio Marzo). O ator faleceu em 2015 após sofrer uma queda e perfurar o pulmão.

Nair Bello

Par romântico de Elias Gleizer, a atriz encantou os telespectadores com a batalhadora Dona Santa, dona de um armazém que era fissurada pelo filho, interpretado por Marcos Frota. Sempre carismática, a atriz viveu até 2007 quando ficou muito debilitada após um câncer de mama. Com a imunidade comprometida, ela faleceu após uma pneumonia que acabou sendo fatal.

Yoná Magalhães

Sempre deslumbrante, a atriz viveu a socialite Anita, uma madame da alta sociedade que se casou com Rudy (Jorge Dória) e deu finesse ao marido. A atriz faleceu em 20 de outubro de 2015 após uma série de problemas cardíacos. Na época, ela tinha 80 anos, chegou a passar por uma cirurgia delicada, mas não resistiu.

Jorge Dória

Par romântico de Yoná Magalhães na novela, o ator viveu um dos personagens mais queridos pelo público. Ex-viciado em corridas de cavalo, ele era pai da duplaBruna (Andrea Beltrão) e Filé (Cláudio Heinrich). O ator morreu em 6 de novembro de 2013 após uma pneumonia fatal.

Hilda Rebello

Mãe do diretor Jorge Fernando, a atriz foi escalada pelo filho para uma participação especial como uma das beatas de Nova Esperança. Ela era presença constante na Igreja de Frei Chicão (Diogo Vilela). A atriz faleceu em 2019 aos 95 anos após um curto período internada no CTI do Hospital Pró-cardíaco, em Botafogo.

Luiz Carlos Tourinho

O ator fez uma participação especial na novela e rapidamente caiu nas graças do público. Sempre simpático e dono de um bom humor marcante, bastava aparecer para roubar a cena. Ele faleceu de forma precoce aos 43 anos em 21 de janeiro de 2008 após ser vítima de um aneurisma.