Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Novelas / Final emocionante!

Canal Viva exibe último capítulo de 'Mulheres Apaixonadas' com cobertura especial

Para celebrar o final da novela de Manoel Carlos, a emissora preparou uma cobertura especial com atores da trama; confira!

Redação Contigo! Publicado em 16/04/2021, às 13h58

Para celebrar o final da novela de Manoel Carlos, a emissora preparou uma cobertura especial com atores da trama
Para celebrar o final da novela de Manoel Carlos, a emissora preparou uma cobertura especial com atores da trama

Nesta sexta-feira (16), o Canal Viva exibe o último capítulo de Mulheres Apaixonadas. Para celebrar o final da novela de Manoel Carlos, a emissora preparou uma cobertura especial. Originalmente gravada em 2003, o folhetim fez muito sucesso na época, principalmente pelo merchancising social, tratando de temas como alcoolismo, homossexualidade, maltrato aos mais velhos, entre outros.

De acordo com o comunicado da emissora, a partir das 9h, o público poderá conferir uma transmissão com os melhores momentos da novela no YouTube do canal, além de um resumo de suas últimas semanas.

Às 22h será feita uma live no Instagram do Viva com Carol Castro, que viveu Gracinha, e Leonardo Miggiorin, que interpretou Rodrigo. Eles comentam sobre a trama, falam dos bastidores e interagem com os fãs. A live encerra às 23h, direcionando o público ao último capítulo da trama.

Entre as emoções da final, está o final feliz de Helena (Christiane Torloni) e César (José Mayer), além da notícia de que Salete (Bruna Marquezine) é filha biológica de Téo (Tony Ramos).

RELEMBROU

Destaque nas reprises de Laços de Família e Mulheres ApaixonadasTony Ramos está aproveitando a oportunidade de rever essas tramas junto com o público.

Em entrevista ao portal NaTelinha, o ator contou como enxerga a trama de Manoel Carlos, no ar em Vale a Pena Ver de Novo: “Laços de Família sempre foi um grande texto do querido Manoel Carlos. São 21 anos que mostram a atualidade das discussões ali mostradas. Maneco sempre teve e tem esse olhar pela janela da vida, olhando com propriedade os cotidianos de tanta gente. Uma novela de dramaturgia perfeita, onde o folhetim é respeitado“, definiu ele.