Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / PROJETOS

Autor de Amor Perfeito adianta retorno de autores para novos projetos: 'Planejando'

Em entrevista ao Próximos Capítulos, quadro da CARAS e da Contigo!, Júlio Fischer refletiu sobre balanço final de Amor Perfeito

Júlio Fischer é um dos autores de Amor Perfeito - Foto: Divulgação
Júlio Fischer é um dos autores de Amor Perfeito - Foto: Divulgação

Júlio Fischer encerra mais um novela nesta sexta-feira, 22, com o fim de Amor Perfeito, folhetim que escreveu ao lado de Elísio Lopes Jr. e Duca Rachid. Em entrevista ao Próximos Capítulos, quadro da CARAS e da Contigo!, o autor refletiu sobre balanço final da produção e adiantou o retorno da tríade de autores para novos projetos: "Planejando".

"Duca, Elísio e eu já estamos rabiscando algumas coisinhas. A gente não consegue se desgrudar e parar de inventar coisas, mas já estamos pensando. Não conseguimos parar muito. Tem que diminuir o ritmo, mas a gente já está planejando coisas. Senti que os três funcionaram muito bem", compartilhou o autor de Amor Perfeito sobre a parceria com Elísio Lopes Jr. e Duca Rachid.

"Já tinha feito trabalho em dupla, mas em trio - a Duca, o Elísio e eu - funcionou tão bem, essa tríade na questão do debate de ideias. Isso é muito bom. [...] Espero que tenham gostado do nosso trabalho e dêem uma nova oportunidade para a gente contar novas histórias. Temos muitas para contar", adicionou Júlio Fischer sobre o futuro nas novelas ao lado dos colegas de profissão. 

Leia também: Duca Rachid reflete sobre representatividade em Amor Perfeito: 'História apagada'

O autor de Amor Perfeito ainda refletiu sobre o trabalho ao longo da novela e entregou um balanço final positivo da experiência: "Foi um trabalho que deu muita satisfação, desde o nosso trabalho interno dos autores, de criação, foi muito harmônico. Isso foi muito incrível. É claro que é desgastante e estressante. Óbvio que é, todo trabalho que você faz com dedicação te exige muito". "Posso dizer que foi um momento muito bom do começo até o fim, entre nós, autores, e a direção, a cenografia, a direção de arte. Foi muito bom, um momento de enriquecimento para todos nós", finalizou Júlio Fischer.