Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / Recordação

Alessandra Negrini fala de exaustão e 'ousadia' em cenas de 'Paraíso Tropical': "Não sei se faria isso hoje"

Interpretando as gêmeas Paula e Taís, a trama se tornou um grande marco na carreira da artista; confira

Redação CONTIGO! Publicado em 19/08/2021, às 11h18

Interpretando as gêmeas Paula e Taís, a trama se tornou um grande marco na carreira da artista; confira - Reprodução/TV Globo/ Instagram
Interpretando as gêmeas Paula e Taís, a trama se tornou um grande marco na carreira da artista; confira - Reprodução/TV Globo/ Instagram

De volta no canal Viva, a novela Paraíso Tropical se tornou um grande marco na carreira Alessandra Negrini, que viveu as gêmeas Paula e Taís, que, além da aparência, não tinham mais nada em comum. Na pele da mocinha e da vilã em simultâneo, a atriz se destacou e recebe elogios do público até hoje.

Em entrevista ao Gshow, a atriz contou sobre a exaustão de viver duas personagens na mesma novela, mas não esconde o orgulho da sensação de dever cumprido: “Vale a pena. Tudo que é muito difícil, quando você chega no final, você fica feliz que você venceu, cumpriu a missão, e isso acaba transformando sua vida”, diz ela.

Apesar do enorme desafio e de ter deixado o teatro de lado na época, Negrini diz que o convite era irrecusável: “Não diria que é só um presente porque não vem pronto, não é algo que você só recebe. Mas é um convite irrecusável, eu nem pestanejei. Inclusive eu estava fazendo teatro na época. Parei os ensaios, fiz a novela e depois que eu terminei a novela voltei para a peça.”

Ela ainda relembrou algumas mudanças, feitas por ela, que ocorreram durante sua atuação na trama de Gilberto Braga. Ela destacou que criou um sotaque para diferenciar as irmãs: "Eu criei isso um pouco para diferenciar as duas, mas acabou virando uma marca dela. E também tinha uma coisa da malandragem do sotaque carioca (...) Eu não se faria isso hoje. Foi uma ousadia minha! Uma ousadia... eu sou uma atriz que se permite certas ousadias. Eu estou fazendo, me vem uma intuição, eu vou e faço. Talvez não fizesse de novo", refletiu, aos risos.

Por fim, a artista falou como foi a gravação da famosa cena do assassinato de Taís, a vilã da trama. Ela conta que tudo foi uma grande surpresa, já que ela só descobriu quem era o assassino quando a sequência foi ao ar: "Eu não sabia que a Taís ia morrer. Acho que ninguém sabia, na verdade. Quem matou a gente não sabe! Eu não sabia. Eu gravava uma cena em que eu abria uma porta. E nessa porta era o assassino da Taís. Eu olhava pelo buraco da fechadura e abria a porta. Essa cena foi gravada antes. Mas eu não sabia para quem eu estava abrindo a porta."

MÃE E FILHO

Alessandra Negriniencantou os seguidores no domingo (08) ao publicar em suas redes um registro ao lado do filho mais velho, o Antônio Benício, fruto do relacionamento com Murilo Benício.

No clique, a atriz surge abraçada com o jovem de 24 anos que posa estiloso com óculos escuros.

"Antônio e eu”, limitou-se em escrever a mamãe coruja na legenda postagem.