Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / VIXI!

Padre faz revelação sobre Jesus durante missa e caso vira investigação; entenda

Igreja católica passou a investigar um padre após fiéis denunciar sermão polêmico que aconteceu durante missa

Contigo Digital Publicado em 16/05/2024, às 15h12

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O caso aconteceu durante uma missa na Igreja Nossa Senhora Imaculada, na Inglaterra - Foto: Ilustrativa
O caso aconteceu durante uma missa na Igreja Nossa Senhora Imaculada, na Inglaterra - Foto: Ilustrativa

O padre Thomas McHale, de 53 anos, está sendo investigado pela Diocese de Hexham e Newcastle, na Inglaterra, por ter dado um sermão, no mínimo, polêmico durante uma missa na Igreja Nossa Senhora Imaculada, em Blackhill, no condado de Durham. Isso porque ele afirmou que Jesus havia morrido na cruz com uma ereção. 

Durante entrevista ao jornal Times, um dos fiéis que estava presente no momento confessou que ficou horrorizado com a opinião do religioso durante a missa. "Ele disse às pessoas que Jesus morreu com uma ereção. A igreja ficou chocada. Havia famílias jovens lá", disse.

Procurada pela imprensa local, a Diocese de Hexham e Newcastle garantiu que passou a investigar o caso assim que recebeu a denúncia de um dos fiéis que esteve presente no momento do sermão. No entanto, apesar de ter sido notificado, o padre segue atuando na paróquia de Blackhill.

Apesar da polêmica em torno do sermão dado por Thomas McHale, essa teoria de que Jesus teria morrido com uma ereção não é novidade dentro da comunidade católica. Acredita-se que a asfixia teria provocado a reação biológica.

Leia também: Casal viraliza após fazer lista para evitar convidados chatos em festa de casamento

De acordo com sua teoria, que, inclusive, já chegou a ser retratada na arte durante os séculos, durante as horas em que Jesus foi crucificado no Monte Gólgota, o sangue teria se acumulado em seus membros inferiores, o que supostamente teria causado a ereção.

Nas redes sociais, o caso também tem repercutido e, claro, tem provocado novas críticas ao padre. "Um homem desse nem era pra ser chamado de padre. Um herege", disparou uma pessoa. "Esse padre sabe que Jesus reina e vive para todo sempre, ele tem que ter respeito e honra porque Deus está acima de nós", escreveu mais uma internauta.