Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / SAÚDE

Mulher tem rosto deformado por 40 nódulos após harmonização facial

Moradora do Distrito Federal, mulher de 67 anos luta na Justiça contra dentista que aplicou substância em seu rosto

Redação Contigo! Publicado em 17/05/2024, às 18h46

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Rita quer fazer cirurgia para retirar nódulos do rosto - Foto: Arquivo Pessoal
Rita quer fazer cirurgia para retirar nódulos do rosto - Foto: Arquivo Pessoal

A busca por um rosto mais desenhado chamou a atenção de Rita Castro de Araújo (67) para a harmonização facial. O procedimento é uma das escolhas de famosos e costuma atrair curiosos sobre o antes e o depois.

Em março de 2023, a aposentada foi ao consultório do dentista José Augusto Toledo Patay, no Distrito Federal, para fazer uma avaliação e realizar o sonho de corrigir as imperfeições. Um dos pontos que a incomodava era o "bigode chinês", mas o dentista teria sugerido inserir fio russo para também melhorar o nariz e harmonizar o rosto.

De acordo com informações do UOL, três meses após o procedimento, nódulos surgiram no rosto da mulher. De volta à clínica, ela recebeu corticoide onde estavam os nódulos e marcou um retorno para uma cirurgia de retirada.

Rita, no entanto, não teve melhora significativa e optou por consultar outros profissionais da saúde para um melhor diagnóstico. Os médicos e cirurgiões plásticos que atenderam a aposentada sugeriram retirar os 40 nódulos e explicaram que o surgimento deles são devido ao PMMA, uma substância que uma vez no organismo, não tem como retirá-la por completo. 

"Todos os médicos que fui falaram que os nódulos são devido ao PMMA que ele aplicou no meu rosto e não poderia. Ele acabou com a minha alegria. Eu tinha um sorriso lindo e agora estou com meu rosto acabado", desabafa. 

Rita trava uma batalha na Justiça do Distrito Federal contra Patay para tentar conseguir R$ 27 mil para pagar uma cirurgia que deve retirar os nódulos e corrigir imperfeições. Ela revela que chegou a fazer um acordo verbal com o Augusto Toledo de R$ 500 mensais, mas após R$ 6 mil ele parou de fazer o pagamento.

A defesa do dentista, representada pelo advogado Érico Matias Servano, nega que os nódulos no rosto de Rita tenham sido provocados por ele. O defensor diz que seu cliente apresenta boa avaliação dos clientes que já fizeram o mesmo procedimento e que nenhum teve o problema relato pela aposentada.