Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / SAÚDE

Mulher perde a memória após momento íntimo com o marido

Mulher de 58 anos foi parar no hospital após orgasmo intenso que tirou sua memória

Redação Contigo! Digital Publicado em 27/05/2024, às 21h57

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Mulher perdeu a memória após relação sexual - Foto: Reprodução/Instagram
Mulher perdeu a memória após relação sexual - Foto: Reprodução/Instagram

Polly Fisher, de 58 anos, perdeu a memória após ter um orgasmo intenso durante uma relação sexual com o marido, Mick Thacker, de 61 anos, na casa do casal em Rotherham, Inglaterra. A situação incomum ocorreu durante o banho.

Mick conta que ficou assustado com a reação de Polly que antecedeu a perda de memória. Segundo ele relatou ao Daily Star, a esposa teve um orgasmo inédito ao longo dos anos que o casal está junto. A mulher precisou ser levada ao pronto-socorro com urgência.

"Ela estava incrível, como sempre, e uma coisa levou à outra. Foi a coisa mais assustadora que já testemunhei. Achei que ela estava tendo um derrame. Na ambulância, todos os planos que havíamos feito para nossa aposentadoria juntos passaram pela minha cabeça. Estava tudo acabado. Achei que estava tudo acabado", relata. 

 "Fizemos sexo. Não demorou muito: uma rapidinha e nada incomum. Mas lembro que Polly teve um orgasmo realmente massivo, muito mais intenso do que me lembro dela ter tido antes", explica ele, que mais tarde soube o diagnóstico médico. 

Fisher teve uma amnésia global, condição considerada rara e que pode ocorrer com pessoas de meia-idade após atividades repentinas. A mulher não conseguia ter memórias de curto prazo, como a relação sexual que teve com o marido e que acarretou no orgasmo.

Polly passou por uma bateria de exames médicos que não apontaram nada anormal. No entanto, os médicos chegaram ao diagnóstico de amnésia global transitória. Segundo os profissionais, dificilmente a mulher terá algo semelhante, já que apenas 6% dos casos relataram uma repetição.

A esposa de Mick segue sem lembrar do momento em que fez sexo e teve o orgásmo que apagou aproximadamente sete horas da sua memória. Ela acreditava que recuperaria as lembranças em curto prazo, mas já se passou um mês e tudo para ela simplesmente não aconteceu.