Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / TRISTE!

Médico voluntário achado morto em abrigo do RS gravou vídeo antes de morrer

O médico cardiologista Leandro Medice, que estava no Rio Grande do Sul para ajudar vítimas das enchentes, gravou vídeo antes de morrer; confira!

Renata Garre

por Renata Garre

rnogueira_colab@caras.com.br

Publicado em 14/05/2024, às 14h05

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Médico voluntário achado morto em abrigo do RS gravou vídeo antes de morrer - Reprodução/Instagram
Médico voluntário achado morto em abrigo do RS gravou vídeo antes de morrer - Reprodução/Instagram

A morte do médico voluntário Leandro Medice, de 41 anos, que viajou para atuar como cardiologista em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, deixou todos comovidos. Agora, outro detalhe chamou atenção, o vídeo gravado pelo profissional antes de morrer. 

No vídeo, Medice surge afirmando estar "ansioso" para ajudar as vítimas das enchentes, e que essa seria sua primeira missão humanitária. "Hoje estou fazendo uma coisa diferente: pela primeira vez, vou partir para uma missão humanitária. O Sul está precisando da gente", disse. 

"Eu vou tentar passar para vocês aqui a real situação que está acontecendo lá, até mesmo para a gente conseguir juntar mais forças para ajudar o pessoal, que está precisando em meio a essa catástrofe no Sul. Assim que eu conseguir, eu mostro tudo que está acontecendo e vamos juntos nessa missão. Conto com a oração de vocês para a gente juntar forças e ajudar o máximo de vidas que a gente conseguir", acrescentou.

Vale lembrar que o médico não tinha histórico de doenças, o que intriga ainda mais sua partida precoce. Amigas médicas que aguardavam Leandro no ponto de encontro para mais um dia de atendimento estranharam o atraso incomum, foram ao abrigo e o encontraram já sem vida. 

Para quem não acompanhou, de acordo com o g1, a suspeita é de que Leandro Medice tenha sofrido um mal súbito. No entanto, as autoridades investigam e trabalham com outras hipóteses. A vítima era casada com João Paulo e morava em Vila Velha, na Grande Vitória,

LUÍSA MELL SOFRE ACIDENTE DURANTE RESGASTES NO RS

A ativista Luisa Mell está no Rio Grande do Sul fazendo trabalhos de resgate aos animais que estão perdidos nas enchentes que assolaram o estado. Porém, algo a impediu de seguir as atividades: ela sofreu um grave acidente e quebrou duas costelas. Mesmo com dor, ela tentou continuar as ações, mas chegou no limite.

"Duas costelas quebradas, por isso não estava mais aguentando de dor", começou a ativista ao publicar uma foto no Instagram em que ela aparece com uma feição dolorida enquanto carrega um cachorrinho no colo. "Diante de tanto sofrimento, continuei os resgates mesmo com a dor insuportável que estava. Mas teve uma hora que os remédios fortíssimos já não faziam mais efeito".

"Fui ao hospital e o exame mostrou o que eu mais temia: duas costelas quebradas. Queria saber quando poderia voltar, mas o médico me proibiu. E alertou que uma pancada neste local poderia ser fatal agora. Confesso que não sabia que era tão grave. Poderia ter perfurado algum órgão. Mas Deus me protegeu", seguiu Luisa.