Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / DESAPARECIDO

Fã de Madonna desaparece misteriosamente após show no Rio

Homem deixou interior de Minas Gerais escondido da família para assistir Madonna na Praia de Copacabana, no Rio

Bráulio Alex Rosa, fã de Madonna, faz uso contínuo de medicamento controlado - Foto: Reprodução/Instagram
Bráulio Alex Rosa, fã de Madonna, faz uso contínuo de medicamento controlado - Foto: Reprodução/Instagram

Madonna levou mais de 1,6 milhão de pessoas à Praia da Copacabana, no Rio de Janeiro, em show histórico realizado no último dia 4 de maio. Após a apresentação da cantora com a sua The Celebration Tour, a família de Bráulio Alex Rosa (35) deu por falta do fã da cantora e, desde então, tem procurado incansavelmente por ele. 

Natural de Pedro Leopoldo, em Minas Gerais, Alex faz uso contínuo de remédios controlados e decidiu ir ao Rio exclusivamente para o show gratuito da diva pop. O último contato do homem com a sua família foi ainda na véspera, no dia 3, após chegar à cidade.

Blínio Rosa (32), revela que o irmão viajou sem o consentimento da família. "Com a repercussão do show, ele cismou que precisava ir ao Rio para assistir. Ele fugiu e foi sem que a gente soubesse", conta, em entrevista ao EXTRA.

O último contato teria sido feito às 17h do dia anterior ao show por um aplicativo de mensagem. Ainda no ônibus, Alex mandou a foto do veículo avisando que tinha chegado à capital e compartilhou a sua localização em tempo real, com indicação de que ainda estava na Avenida Brasil, em Juiz de Fora.

+Brasileiro que 'virou Madonna' encara jornada e vai ao extremo para realizar sonho

O sumiço de Bráulio ainda é um mistério, mas familiares que moram no Rio estão ajudando nas buscas. As primeiras pistas indicam que ele deu entrada no Hospital Municipal Souza Aguia no último dia 9, após ter sido socorrido pelo Corpo de Bombeiros no Rio Maracanã.

Segundo relatos de testemunhas no centro médico, Alex estava sem documentos e disse ter sido vítima de assaltantes que teriam levado seu celular. A Secretaria Municipal de Saúde do Rio confirma a passagem de Bráulio pelo hospital, mas ressalta que ele estava lúcido, orientado e estável. Além disso, afirma que ele não tinha sinais de agressão. Não se sabe como o homem foi parar no Rio.