Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Música / E AGORA?

Ex empresário de Tiago Iorc anuncia que vai à justiça contra o cantor: "Gravíssima a acusação"

Envolvido em confusão com o duo Anavitória, cantor deu sua versão e gerou a revolta de Felipe Simas

Redação Contigo! Publicado em 14/06/2020, às 11h54 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Empresário de Tiago Iorc anuncia que vai à justiça contra o cantor - Reprodução
Empresário de Tiago Iorc anuncia que vai à justiça contra o cantor - Reprodução

O empresário Felipe Simas, que cuidava da carreira de Tiago Iorc, respondeu nas redes sociais as acusações realizadas pelo cantor.

Em um tom duro e firme, ele confirmou que o cantor impediu o duo Anavitória de gravar uma de suas canções e diz que vai para a justiça contra a dupla.

"Considero gravíssima a acusação pública de Tiago Iorc em relação a uma eventual sabotagem minha na sua carreira. Assuntos assim devem ser tratados na justiça", disse ele. 

Felipe Simas também disse que as cantoras não conseguem contato com Iorc há dois anos.

"Ele não fala com elas desde maio de 2018. Foram várias tentativas da parte das meninas em estabelecer um diálogo, mas ele não deu abertura. Acho estranho e incoerente ele agir dessa forma agora dizendo que deveriam resolver isso na esfera pessoal. Se houve algum problema na minha relação profissional com ele, que isso seja tratado diretamente comigo ou na justiça e não descontando e punindo-as, com uma censura ao trabalho delas", disse, afirmando ter outras três músicas co-escritas por Tiago que também foram vetadas.

O POSICIONAMENTO DE IORC

Tiago Iorc veio a público neste sábado (13) para dar a sua versão dos fatos em relação ao desentendimento que teve com Anavitória.

Em vídeo no Instagram, o cantor se pronunciou após a dupla Ana Caetano e Vitória Falcão afirmarem numa live nesta sexta-feira (12) que ele não as permitiu regravar a música Trevo (Tu), dando a entender que há uma rusga entre as duas partes em relação aos direitos autorais da canção.

"As meninas do Anavitória se pronunciaram durante a live delas pedindo a liberação dos direitos. Isso deveria ser um assunto privado e me sinto extremamente desconfortável de ter que me posicionar nesse momento. Me vi na necessidade de abrir o lado de cá", reclamou o músico, que mandou um recado direto para as cantoras:

"Ana, entendo seu sentimento. Provavelmente me sentiria da mesma forma se eu não soubesse o que está acontecendo por trás de tudo isso. Mas nessa sua atitude impensada de tornar isso público me parece que da missa não sabe a metade." 

Iorc ainda afirmou que os responsáveis por gerenciar a dupla têm se colocado no seu caminho. "O escritório que gerencia a carreira de vocês e já trabalhou comigo — não trabalham mais — vem repetidamente sabotando meu trabalho e agindo de má-fé, causando danos, inclusive, financeiros. A música é para as pessoas, mas a lei do direito autoral existe para proteger os artistas. Em relação à liberação da música, podem ficar tranquilas. Acredito que as coisas ficarão entendidas", defendeu.