Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

Direto de ‘O Sétimo Guardião’: Gabriel não acredita nos guardiões!

O filho de Egídio se sente intimidado e afirma que não vai abrir mão do amor de Luz

Redação Publicado em 03/01/2019, às 22h31 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Gabriel não aceita ser o Sétimo Guardião - Tv Globo
Gabriel não aceita ser o Sétimo Guardião - Tv Globo

Finalmente os guardiões vão abrir o jogo com Gabriel (Bruno Gagliasso). No capítulo da sexta 04 de ‘O Sétimo Guardião’, o filho de Egídio (Antonio Calloni) se reúne com os outros membros da irmandade para saber afinal o mistério que envolve o casarão de seu pai.
Judith (Isabella Garcia) leva o rapaz até o local da reunião, quando ele se depara com seis guardiões vestidos com roupas iguais, ele fica surpreso e questiona do que se trata toda situação: “Que roupas são essas? É baile a fantasia? Bateria de escola de samba, todo mundo vestido igual?”. Eurico (Dan Stulbach) da uma chamada no jovem pedindo pra que ele não brinque, pois trata-se de um assunto sério. E Milu (Zezé Polessa) começa o assunto, afirmando que a irmandade precisa dele. Delegado Machado (Milhém Cortaz) da continuidade dizendo que ele precisa assumir uma missão. O personagem de Bruno Gagliasso fica assustado e Doutor Aranha (Paulo Rocha) se adianta: “Não queria saber do mistério que envolve essa casa e sua vinda pra Serro Azul? Vamos lhe revelar qual é!”.

Gabriel, diante dos seis guardiães reage: “Foi pra isso que me chamaram aqui? Pra dizer que fazem parte de uma irmandade?”. “Sim. E ela existe há mais de 200 anos”, conta o prefeito de Serro Azul. “Por isso estão usando essas fantasias?”, indaga Gabriel. “Não são fantasias, rapaz. São trajes, que a gente só veste nas ocasiões solenes”, explica Feliciano (Leopoldo Pacheco) exigindo que Gabriel tenha mais respeito. O filho de Valentina (Lilia Cabral), questiona qual a função da irmandade e Ondina (Ana Beatriz Nogueira),Eurico, Milu, delegado Machado, Feliciano e Doutor Aranha começam a explicar: “Proteger e cuidar de um bem que não pertence a nenhum de nós, ou a qualquer outro homem, mas pertence a toda humanidade. O que nossa irmandade protege é um bem bastante concreto. Um bem cada vez mais valioso à medida que avida no mundo se complica e se torna difícil. Um bem até mais valioso que o petróleo. A água! A função da irmandade é proteger um aquífero. Um gigantesco lençol de água subterrâneo... Cuja única parte visível está debaixo desta casa que você herdou: é uma fonte”.



Nesse momento os guardiões levam Gabriel até a fonte. O rapaz fica atônito diante do que vê com os guardiões e León e relembra como foi parar em Serro Azul. “Essa aventura começou no dia do meu casamento, quando León atravessou a Avenida Paulista diante do meu carro... E olhou pra mim”, nesse instante León o encara. E Milu pergunta se ele já notou que o gato tem uma marca no pelo e o sétimo guardião afirma que sim e menciona o fato de ter a mesma marca do animal.  “Seu pai também tinha essa marca”, conta Feliciano e Eurico revela que todos que foram escolhidos para liderar a irmandade carregam a marca. “Espera aí. Vocês estão querendo me dizer que eu fui trazido até Serro Azul pra liderar este circo de vocês?”, indaga o personagem de Bruno Gagliasso. Os guardiões exigem respeito e afirmam que o assunto é sério, e que ele nasceu para isso, para proteger o segredo da fonte e evitar que o aquífero seja descoberto antes do tempo e caia em mãos impuras. “Você foi escolhido para ser o Sétimo Guardião. o nosso líder! Não há nada mais em sua vida que possa fazer, além disso. Esta é sua única missão... E não lhe cabe recusar!”, decreta Feliciano, que deixa Gabriel passado com tudo que acaba de ouvir. “Vocês estão loucos, só pode! A fonte é linda, um verdadeiro espanto. Agradeço terem me mostrado, vou guardar segredo sobre ela. Mas quanto a essa história absurda de ser líder de uma irmandade... Não quero nem saber!”, reage Gabriel. Doutor Aranha tenta acalmar o rapaz explicando que depois da morte de Egídio ele é o novo líder e Eurico é firme dizendo informando que ele não tem outra escolha.

Mas Gabriel não lhe dá ouvidos e vai subindo as escadas, Nesse momento León corre, passa na frente dele e, no último degrau, para, se volta para Gabriel... E a porta atrás dele se fecha com estrondo. “Mas que droga foi essa?!”, questiona o personagem de Bruno Gagliasso.
“Não foi droga, Gabriel, foi o León”, responde Ondina.  Mas ele continua incrédulo e reage: “Vocês combinaram com a Judith, que está lá fora. Foi isso? Ela fechou a porta na hora certa pra me convencer que o gato tem poderes!”. “Depois de tudo que o León fez diante dos seus olhos você ainda tem dúvidas quanto a isso?”, pergunta Milu. Nesse momento Gabriel surta e grita: “Me deixem sair! Não estou interessado na droga da fonte, nem na idiotice da irmandade, não quero saber de um gato que age como se fosse um mágico de circo... Quero ir embora daqui!!!

Feliciano se adianta e explica que ele ate pode ir embora, mas sai do local já sabendo que tem o destino traçado e que se não aceitar esse fato terá que arcar com as consequências... E elas serão terríveis. Nesse momento, a porta se abre e Gabriel passa por Léon e sai rápido. Os guardiões se dão conta que ainda não contaram tudo sobre a irmandade e sobem as escadas correndo atrás de Gabriel. “Por favor, Gabriel, espera! Eu não te trouxe aqui pra nada! Você não tinha dúvidas, não queria que elas fossem esclarecidas?” indaga a personagem de Zezé Polessa.
Gabriel se volta para os guardiões disposto a ouvir tudo e eles voltam a contar um pouco mais da missão do sétimo guardião. “Você não é o primeiro guardião nem será o último! É como se fossem várias gerações da mesma família. De alguma forma, cada um deles tinha alguma coisa a ver contigo”, conta Milu entrando na sala de retratos junto os outros e Léon. “No dia em que consegui entrar na casa eu passei mal depois de ver meu retrato ali!”, lembra Gabriel e Milu revela que o que ele viu foi uma visão do seu futuro.

Porque você será o sucessor de Egídio: o Guardião-Mor, ou Sétimo Guardião, como preferir. E seu retrato será colocado na galeria... Nessa moldura”, mostra doutor Aranha.  “Agora que você sabe... Consegue entender porque viu o seu retrato ali? Você não é uma pessoa comum! Seu pai também não era”, afirma Eurico. “Por isso ele veio morar aqui sozinho e viveu uma vida de quase reclusão. posso dizer que o único contato de Egídio com o mundo era a gente, Judith e León. No dia em que recebeu a notícia de que seria o Sétimo Guardião ele não hesitou nem um instante e renunciou a tudo... Até ao amor, revela Feliciano. Nessa hora o filho de Egídio reage bem mal: “As cartas! Minha mãe mandou dezenas pra ele... Que ele devolveu e nunca respondeu! Vocês estão me dizendo que, por causa dessa história da fonte, da irmandade... Meu pai deixou minha mãe pra trás na hora de casar?!” E delegado Machado confirma, que foi exatamente isso que aconteceu... Gabriel fica indignado e questiona porque ele teve que fazer uma coisa horrível dessas... E Milu conta  que cabe ao Sétimo Guardião proteger o segredo da fonte. Ele precisa renunciar a tudo e se dedicar apenas a isso. Então não pode se apaixonar, casar, nem ter filhos. Gabriel fica transtornado com o que acaba de ouvir, mas Milu continua: “Você pode até fugir dessa conversa, Gabriel... Mas não vai poder fugir do seu destino!”. O rapaz afirma que seu destino é ficar com Luz (Marina Ruy Barbosa), e Feliciano o interrompe contando que Egídio também pensava isso sobre sua mãe. “Deixar minha mãe para virar ermitão e cuidar da fonte foi decisão dele, não minha! Eu não vou fazer o mesmo com a Luz!”, afirma Gabriel. É parece que vai ser uma missão impossível convencer o personagem de Bruno Gagliasso a seguir na liderança da irmandade.