Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / EITA!

Xuxa Meneghel revela abordagem curiosa de fã dentro de sex shop: "Autógrafo em cima do p**"

Como assim? Loira contou história inusitada protagonizada por um fã - e quase rolou até foto

Redação Contigo! Publicado em 17/12/2020, às 07h18 - Atualizado às 07h19

Xuxa Meneghel revela abordagem de fã dentro em sex shop: "Autógrafo" - Reprodução/Instagram
Xuxa Meneghel revela abordagem de fã dentro em sex shop: "Autógrafo" - Reprodução/Instagram

A apresentadora Xuxa Meneghel contou uma história divertida - e bem ousada.

Em entrevista para revista JP, da qual é capa, ela relatou uma abordagem curiosa de um fã. A estrela contou que acabou entrando em um sex shop quando recebeu o pedido de um autógrafo.

"Estava em uma loja que vende coisas de cabelo e lá dentro tinha um sex shop. Entrei e peguei um “p**” na mão quando um cara me pediu um autógrafo. Ele me deu um papel e dei o autógrafo em cima do “p**” (risos). Depois perguntou se podia tirar uma foto. Não deixei", contou ela.

A loira também relembrou o início do namoro com Junno Andrade. Ela disse que na época estava vivendo vários namoricos.

"Antes de namorar o Junno, foi a primeira época da minha vida em que eu estava "pegando". Nunca fui de ficar com alguém, mas me dei o direito de "pegar". Eu "pegava" um cara e soltava, "pegava" outro... Devo ter tido uns três caras diferentes em um ano, o que era "uau" para mim - afirma ela, em entrevista à revista "JP", da qual é capa da edição de dezembro", disse.

A apresentadora Xuxa Meneghelrevelou em uma entrevista rara detalhes sobre a fé da filha, Sasha Meneghel.

Em uma conversa com a atriz Nany People, ela abriu o coração.

"Eu fui criada no catolicismo. Minha mãe ia ser freira antes de se casar com meu pai. Fomos todos batizados no catolicismo, mas ela ensinou a respeitar o espiritismo, o evangélico. Tanto é que ela morreu evangélica. Depois ela se converteu. A gente conheceu um pouquinho de cada através da minha mãe (...)", disse ela que defende o respeito.