Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Um ano depois, irmã de Paulo Gustavo desabafa sobre o luto: "Me revolto"

Um ano após a morte de Paulo Gustavo, a irmã do ator desabafa sobre dores e conta como os sobrinhos lidam com o luto

Redação Contigo! Publicado em 04/05/2022, às 14h49

Um ano depois, irmã de Paulo Gustavo desabafa sobre o luto: "Me revolto" - Reprodução/Instagram
Um ano depois, irmã de Paulo Gustavo desabafa sobre o luto: "Me revolto" - Reprodução/Instagram

Nesta quarta-feira (04), completa um ano que o Brasil carrega um vazio de ter perdido um dos maiores nomes do humor do país, o atorPaulo Gustavo, que foi vítima da Covid-19.

Em entrevista ao jornal O Globo, Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, falou sobre a saudade e revolta que sente pela partida do irmão. "Somos apaixonados um pelo outro. Somos melhores amigos. A nossa fé é que nos faz levantar da cama todos os dias", desabafa ela.

Ao falar sobre o luto, ela conta como os sobrinhos, Romeu e Gael, têm lidado com a ausência do pai: "Eles são muito pequenos ainda para esse entendimento. Às vezes, os dois dizem que o ‘papai Paulo veio visitar’, e aí, já viu, meu olho enche de lágrimas. Mas eu disfarço pra eles não me verem chorar. Outro dia, Gael disse ao apontar para o céu: ‘Olha lá a luz do papai Paulo’. Romeu também já falou, quando acordou chorando: ‘O papai Paulo não virou estrelinha, ele estava aqui agora brincando comigo!'".

Ju Amaral emociona ao contar como Romeu era ligado a Paulo Gustavo: "O Romeu era muito apegado no Paulo. O Paulo passava, Romeu começava a chorar querendo ir pro colo dele. Sinto que quando eu comento do papai Paulo e falo que agora ele tá no céu e é uma estrelinha olhando pra gente, ele muda de assunto, sai de perto, sinto que ele se incomoda de alguma forma".

Por fim, ela fala da importância da vacinação contra a Covid-19 e ressalta a sua revolta que o ator não teve a chance de se vacinar: "Dizer que não me revolto seria uma hipocrisia. Estou buscando na minha espiritualidade e fé esse entendimento e conforto. São muitas as dores presentes em mim. Não só pelo meu irmão, porque, assim como ele, milhares de pessoas morreram por falta de uma vacina que já existia. Mas pelas milhares de famílias afetadas por essa tragédia. Aproveito para falar da importância de se tomar a vacina. A vida social voltou aos poucos graças a ela. Tomem a vacina!".

Nas redes sociais, ela compartilhou a entrevista e escreveu: "Muita saudade, irmão, te amo para sempre"

SAUDADE

A humorista Tatá Werneck fez questão de escrever uma mensagem para Paulo Gustavonesta quarta-feira (04).

Na data em que a morte do ator completa um ano, a apresentadora usou as redes sociais para falar sobre as saudades e fazer uma homenagem, sempre com bom humor.

"Me pergunto como você deve estar. Eu sonho com você quase todo dia. Você já aparece com cara de 'fala, gente. Eu tava descansando'. Eu fico te perguntando nos sonhos sobre tudo", contou ela na legenda.

Siga a Contigo! no Instagram