Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / POLÍTICA

Thiago Gagliasso critica deputada do PSOL e mostra vontade de entrar para a política: "Precisamos cuidar do nosso"

Nas redes sociais, o irmão de Bruno Gagliasso se revoltou contra opinião sobre a morte de Lázaro Barbosa

Redação Contigo! Publicado em 29/06/2021, às 16h52

Thiago Gagliasso critica deputada do Psol e afirma que quer entrar para a política: "Precisamos cuidar do nosso" - Reprodução/Instagram
Thiago Gagliasso critica deputada do Psol e afirma que quer entrar para a política: "Precisamos cuidar do nosso" - Reprodução/Instagram

Thiago Gagliasso, o irmão de Bruno Gagliasso, anunciou na última segunda-feira (29) que gostaria de entrar na política.

Nas redes sociais, ele criticou a postura de alguns políticos que não concordaram com a atitude da polícia de matar o serial killer Lázaro Barbosa em vez de prendê-lo.

"Lázaro foi preso e morto. A perseguição do criminoso deixou um lastro de ódio, intolerância religiosa e abusos. A celebração de sua morte é retrato da espetacularização dessa caçada, de 20 dias e 19 milhões. Quando o capturam, ao invés de ouvi-lo, o executam. Vexame", escreveu Vivi Reis, deputada federal do Pará pelo PSOL.

O ator, então, discordou da fala da deputada e afirmou: "Thiago, tem vontade de entrar para a política? Definitivamente sim. E esse é um dos motivos, o preço de não se interessar por política, é ser governado por quem se interessa, e olha o nível dessa Deputada do PSOL! Isso te representa. Precisamos cuidar do nosso".

Nos comentários, Thiago Asmar concordou: "Para cima dessa esquerda nojenta que defende bandidos e até assassinos, irmão!".

POLÊMICA

O ator Thiago Gagliasso chamou atenção na madrugada desta segunda-feira (28) ao se intitular como ex-irmão do artista Bruno Gagliasso.

Defensor assumido do atual governo, o cunhado de Giovanna Ewbank não gostou das críticas feitas por Leandra Leal, durante a participação da atriz no Altas Horas, sobre o presidente Jair Bolsonaro e a chamou para conversar.