Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / BELEZA

Solange Couto dança com look transparente e faz piada com o bumbum: "Tanajura"

Aos 64 anos, Solange Couto mostra rebolado durante dança animada e recebe enxurrada de elogios dos seguidores

Redação Contigo! Publicado em 20/05/2022, às 17h54

Solange Couto dança com look transparente e faz piada com o bumbum - Instagram
Solange Couto dança com look transparente e faz piada com o bumbum - Instagram

Olha ela! A atriz Solange Couto se divertiu e arrancou suspiros de seus seguidores na tarde desta sexta-feira (20). Aos 64 anos, ela surgiu em um vídeo com um look transparente e colocou o corpão para jogo.

Ao som da canção Tanajura, de Netinho de Paula, ela dançou muito em um copilado de vídeos. Em primeiro momento, a artista surge com uma saída de banho totalmente transparente, evidenciando o biquíni fio dental por baixo da roupa, enquanto curte um dia de sol.

Na outra gravação, Solange Couto surge com um vestido curtinho azul, rebolando muito, ela empina o bumbum GG. Na legenda da publicação, ela contou que os vídeos são uma lembrança e foram compartilhados a pedido de seus seguidores, que enviaram mensagens.

“Vocês pediram no privado e eu voltei com o vídeo 'Sol Tanajura'. Sextou, meu povo? Vamos fazer essa sexta-feira a coisa mais linda. Beijos da Sol”, escreveu ela, deixando muitas risadas junto do texto. Animados ao terem o pedido atendido, os seguidores aproveitaram os comentários da publicação para demonstrar o carinho pela artista.

Sem poupar palavras, os fãs deixaram uma enxurrada de elogios para a bela: “Menina, mas é tanajura mesmo”, divertiu-se uma seguidora. “Que maravilha”, escreveu outro, deixando símbolos de aplausos. “Meu sonho”, confessou uma terceira.

Veja:

DESABAFO!

A filha da atriz Solange Couto, Morena Mariah Couto, falou nas redes sociais na última terça-feira (17) que já sofreu preconceito por ter se assumido bissexual. Em seu perfil, ela compartilhou uma foto sua e desabafou.

"Essa é a cara de uma mulher bissexual. Descobri que era bi aos 18/19 anos. Na época, minha vida virou do avesso. Noticiaram nos jornais que eu era lésbica (que nunca fui) como se fosse algo compatível com ser uma criminosa, sofri meses de ataques nas redes, perdi emprego, passei anos enfrentando um verdadeiro estresse pós-traumático toda vez que saia algo com meu nome na imprensa", começou ela.