Sincera, Simone Mendes revela que odeia usar calcinha: ''Fica incomodando''

A cantora afirmou que utiliza a peça intima somente no período menstrual

Redação Contigo! Publicado terça 22 setembro, 2020

A cantora afirmou que utiliza a peça intima somente no período menstrual
Simone Mendes revela que odeia usar calcinha - Reprodução/YouTube

Simone Mendes é muito querida pelo público por sempre estar compartilhando gostos pessoais e opiniões. Nesta segunda (21), não foi diferente. 

Em seu canal no Youtube, a irmã de Simaria revelou que odeia usar calcinha, pois se sente incomodada e toda oportunidade de dispensar a peça, ela aproveita. 

"Eu odeio calcinha, principalmente pequena. Ela fica incomodando, é ruim de tirar perto dos outros. É uma coisa sem futuro. Para quem gosta, se não for namorar, escolha uma confortável", brincou a cantora. 

No vídeo, Simone revelou ainda que no início de seu relacionamento com Kaká Diniz, ela utilizava as calcinhas para agradar o marido, porém, com o passar do tempo, eliminou a peça de seu guarda-roupa. 

"Eu tinha muitas calcinhas pequenas, Novinha, bonitinha, não tinha filho ainda. Queria agradar. Depois comecei a usar umas maiores. E de lá, virou nada. Só uso quando estou no período de menstruação", contou. "Eu não suporto. Aquele negócio abafado, aquele elástico. Tem aquelas calcinhas de meia, mas me desacostumei. Gosto da minha bichinha voando, feliz, leve e solta", completou.

EITA!

A cantora Simone contou nesta segunda-feira (21) um caso curioso sobre o seu passado. É que ela e a irmã, Simaria, começaram como assistentes do cantor Frank Aguiar e viveram muitos perrengues. Um deles, sobrenatural.

Segundo ela, em uma das viagens que faziam ao lado do cantor, um dos músicos foi possuído dentro do avião do cantor.

"Frank Aguiar era o cara que a gente trabalhava. Ele tinha um avião na época. A gente estava voando, ia demorar duas horas e meia para chegar no lugar, um espírito ruim no ar entrou no baixista, que estava sentado do lado da minha irmã. Pensa num medo! O cara começou a se torcer todinho, um outro músico começou a orar, o espírito saiu do homem... Ele voltou ao normal e falou que era muito feito o que ele tinha visto. A boa notícia é que ele não incorporou de novo", relembra. 

Último acesso: 23 Oct 2020 - 17:48:39 (1124768).